Grupos cadastrados

Grupos - 192 cadastrados

Abordagens Tecnológicas na Arqueologia

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Humanas (subárea Arqueologia)



O grupo tem como objetivo a pesquisa nas áreas relacionadas ao uso de tecnologias inovadoras em Arqueologia, abrangendo principalmente a temática relacionada ao processo de escavação arqueológica.

  • Aline Bianca Gomes de Oliveira: Discente
  • Allan Veloso da Silva: Discente
  • Janaina Carla dos Santos: Docente
  • Dhara Rodrigues Lima: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



A Geografia Histórica da Espacialização das Forças Produtivas no Nordeste Brasileiro de Meados do Século Xx Ao Início do Século Xxi e Seus Rebatimentos Sócioespaciais.

Líder: Átila de Menezes Lima
Vice-líder: Pedro Ricardo da Cunha Nóbrega
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Geografia)



Esta grupo pesquisa trata de uma geografia histórica e de uma história territorial da expansão das forças produtivas capitalista (criação de um modo de vida urbano) e do desenvolvimento regional no Nordeste brasileiro. Pretende-se estudar as variadas propostas de modernização do território nordestino via políticas econômicas de desenvolvimento regional como a instalação da Companhia Hidro elétrica do São Francisco - CHESF, as políticas da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste - SUDENE as atuais políticas de desenvolvimento regional.

  • João César Abreu de Oliveira Filho: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Agricultura Irrigada

Líder: Júlio César Ferreira de Melo Júnior
Vice-líder:
Ano de Criação: 2004
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Engenharia Agrícola)



Na produção de mudas de fruteiras com vistas a melhora da sanidade das plantas produzidas no Vale do São Francisco. No desenvolvimento de tecnologias para aumentar a eficiência do uso da água na produção vegetal. No desenvolvimento de sistemas de automação para o manejo racional da agricultura irrigada. No estudo do comportamento dos elementos climatológicos na estimativa das necessidades hídricas das culturas.

  • Marcos Sales Rodrigues: Docente
  • Evando Santos Araújo: Docente
  • Neiton Silva Machado: Docente
  • Augusto Miguel Nascimento Lima: Docente
  • Emanuelly Nadja Gomes Caldas: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Alterações Morfofisiológicas Decorrentes dos Transtornos Circulatórios

Líder: Karen Ruggeri Saad
Vice-líder: Paulo Fernandes Saad
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Morfologia Cardiovascular)



O grupo de pesquisa atua na area de alteracoes morfofisiologicas das disfuncios do aparelho cardiovascular por meio do estudo de exames de imagens e alteracoes funcionais dos pacientes. Modelos animais tambem sao utilizados para projetos de pesquisa que exploram o envelhecimento vascular e choque hemorragico

Nenhum projeto cadastrado

 



Análise de Sistemas Elétricos de Potência

Líder: Edgardo Guillermo Camacho Palomino
Vice-líder: Eubis Pereira Machado
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Elétrica)



Formação de pessoal em nível de graduação, mestrado e doutorado. Trabalhos de pesquisa e desenvolvimento em parceria com empresas do setor elétrico tais como ELETROBRÁS, CEPEL, ONS, FURNAS, CHESF, COELBA, CELPE, AGROVALE, etc.

Nenhum projeto cadastrado

 



Análise Global de Alimentos e Seus Constituintes

Líder: Josileide Gonçalves Borges
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Tecnologia de Alimentos)



-Propiciar conhecimento a população da real condição dos alimentos comercializados.


-Aumentar o conhecimento da constituição de cada alimento e dos contaminantes que podem comprometer sua qualidade.

-Capacitar mão-de-obra para analisar e caracterizar diversos tipos de alimentos.

-Valorizar a região do semiárido através do estudo de frutas e peixes da região.

Nenhum projeto cadastrado

 



Arqueologia Pública, História e Memória no Piauí

Líder: Rodrigo Lessa Costa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Humanas (subárea Arqueologia)



De modo geral, o grupo pretende contribuir para o aprofundamento e engrandecimento da história e pré-história do Piauí. Atuando em temas relacionados a arqueologia, memória e, história colonial, estudando a partir de fontes orais, documentais e arqueológicas a inserção de classes históricamente subalternas - negros, índios, mulheres - no processo de colonização do Piauí. O uso de fontes orais será utilizado como recurso fundamental para documentar a história dessas pessoas que foram negligenciadas na historiografia tradicional, em detrimento de bandeirantes e grandes senhores de terra. Vistos como heróis, estes, produziram genocídios e etnocídios capazes de fazer com que tais grupos beirassem a extinção no estado do Piauí. Pretende-se compreender o ressurgimento dessas comunidades nos moldes do que tem sido feito por autores como João Pacheco de Oliveira e José Mauricio Arruti. A arqueologia pública e colaborativa permite que essas minorias também participem da construção das narrativas que versam sobre seus antepassados, uma vez que a arqueologia mesmo como fonte primária, desde sua concepção como ciência, tem sido fortemente influenciada pelos interesses políticos das classes dominantes.  

  • Leandro Surya Carvalho de Oliveira Silva: Docente
  • Renê Jota Arruda de Macêdo: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Biomecânica do Esporte e Clínica

Líder: Rodrigo Gustavo da Silva Carvalho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Educação Física)



O grupo de pesquisa em Biomecânica do Esporte e Clínica tem com objetivo formar um núcleo de pesquisadores e estudantes de diversas áreas do conhecimento (equipe multidisciplinar) tais como Educação Física, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Medicina e Engenharias e etc; sendo o foco comum de estudo a Biomecânica tanto no esporte quanto na parte clínica.


2016

Artigos Completos Publicados em Periódicos - 5 artigos;

Apresentações de trabalho - 2 trabalhos;

http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0001040304741567

Nenhum projeto cadastrado

 



Biomol-lab: Moléculas Biologicamente Ativas

Líder: Benildo Sousa Cavada
Vice-líder: Kyria Santiago do Nascimento
Ano de Criação: 1997
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Bioquímica)



O Grupo de Pesquisa "Moléculas Biologicamente Ativas" coordena ações integradas de vários laboratórios de diferentes departamentos Universidades: Laboratório de Lectinas de Plantas Superiores do Depto de Bioquímica e Biologia Molecular (UFC), Laboratório de Bioquímica Marinha do Depto de Engenharia de Pesca (UFC), Laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular da Faculdade de Medicina de Sobral (UFC), Laboratório de Farmacologia e Bioquímica (UFC) e Laboratório de Farmacologia dos Canais Iônicos (UECE). O trabalho é feito de uma forma integrada e em cooperação com outros laboratórios nacionais e estrangeiros no sentido de isolar, caracterizar (química e estruturalmente) e estabelecer as propriedades biológicas e as potencialidades biotecnológicas de moléculas isoladas de organismos vivos. Os trabalhos desenvolvidos pelo grupo têm tido uma repercusão internacional, principalmente aqueles resultantes de interações com outros grupos. Assim, a nível nacional os nossos principais parceiros têm sido o Dr. Manoel Barral-Netto, do Instituto de Pesquisas Gonçalo Muniz (FioCruz, Salvador-Ba), o Dr. Ronaldo Albuquerque Ribeiro do Depto de Farmacologia da UFC, o Dr. José Carlos Gomes da UNESP (Botucatu-SP), o Dr. José Luiz Lima-Filho do Lika/UFPe, o Dr. Marcos Luiz Pessatti da UNIVALI/SC e o Dr. Jorge Luiz Martins do IQG/UFPel. Recentemente o BioMol-Lab inaugurou duas unidades, uma Unidade de Cristalografia e uma Unidade de Bioinformática, e desenvolve uma excelente interação com o Prof. Dr. Walter Filgueira Azevedo da UNESP de São José do Rio Preto e com o Dr. Juan Calvete do Instituto de Biomedicina de Valência nestas áreas.

  • Maria Luciana Lira de Andrade: Docente
  • Brunna Lays Guerra Correia: Discente
  • Helena Carolina Fernandes de Lucena: Discente
  • Yasmin Folena Araújo: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Biomol-lab: Molpeculas Biologicamente Ativas

Líder: Benildo Sousa Cavada
Vice-líder: Kyria Santiago do Nascimento
Ano de Criação: 1997
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Bioquímica)



O Grupo de Pesquisa "Moléculas Biologicamente Ativas" coordena ações integradas de vários laboratórios de diferentes departamentos Universidades: Laboratório de Lectinas de Plantas Superiores do Depto de Bioquímica e Biologia Molecular (UFC), Laboratório de Bioquímica Marinha do Depto de Engenharia de Pesca (UFC), Laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular da Faculdade de Medicina de Sobral (UFC), Laboratório de Farmacologia e Bioquímica (UFC) e Laboratório de Farmacologia dos Canais Iônicos (UECE). O trabalho é feito de uma forma integrada e em cooperação com outros laboratórios nacionais e estrangeiros no sentido de isolar, caracterizar (química e estruturalmente) e estabelecer as propriedades biológicas e as potencialidades biotecnológicas de moléculas isoladas de organismos vivos. Os trabalhos desenvolvidos pelo grupo têm tido uma repercusão internacional, principalmente aqueles resultantes de interações com outros grupos. Assim, a nível nacional os nossos principais parceiros têm sido o Dr. Manoel Barral-Netto, do Instituto de Pesquisas Gonçalo Muniz (FioCruz, Salvador-Ba), o Dr. Ronaldo Albuquerque Ribeiro do Depto de Farmacologia da UFC, o Dr. José Carlos Gomes da UNESP (Botucatu-SP), o Dr. José Luiz Lima-Filho do Lika/UFPe, o Dr. Marcos Luiz Pessatti da UNIVALI/SC e o Dr. Jorge Luiz Martins do IQG/UFPel. Recentemente o BioMol-Lab inaugurou duas unidades, uma Unidade de Cristalografia e uma Unidade de Bioinformática, e desenvolve uma excelente interação com o Prof. Dr. Walter Filgueira Azevedo da UNESP de São José do Rio Preto e com o Dr. Juan Calvete do Instituto de Biomedicina de Valência nestas áreas.

  • Maria Luciana Lira de Andrade: Docente
  • Brunna Lays Guerra Correia: Discente
  • Helena Carolina Fernandes de Lucena: Discente
  • Yasmin Folena Araújo: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Bioquímica Fitopatológica

Líder: Leonardo Sousa Cavalcanti
Vice-líder:
Ano de Criação: 2006
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agrárias)



O grupo de pesquisa Bioquímica Fitopatológica estuda os aspectos relaciondaos às interações entre plantas e patógenos, com ênfase nos mecanismos bioquímicos de ataque e defesa. Tem como principal objetivo a redução na utilização de agrotóxicos através da potencialização de mecanismos inrerentes às plantas, que muitas vezes encontram-se latentes.

Nenhum projeto cadastrado

 



Biotecnologia Aplicada Ao Desenvolvimento de Folículos Ovarianos

Líder: Maria Helena Tavares de Matos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina Veterinária)



O folículo ovariano é a unidade morfofuncional do ovário mamífero, sendo constituído por um oócito circundado por células da granulosa e/ou tecais. Durante seu desenvolvimento, a maioria dos folículos sofrem atresia (morte) e poucos se desenvolvem até o estágio pré-ovulatório. Assim, para uma melhor compreensão sobre a fisiologia dos folículos e para um melhor aproveitamento do potencial oocitário presente no ovário, este grupo de pesquisa tem atuado em dois focos: 1) Cultivo in vitro de folículos ovarianos - o cultivo de tecido ovariano permite compreender os mecanismos e fatores que controlam o início do crescimento de folículos primordiais (ativação). O cultivo de folículos secundários isolados auxilia na compreensão dos fatores que regulam o crescimento de folículos pré-antrais avançados e folículos antrais, além de permitir a avaliação da maturação oocitária in vitro; 2) Teste de substâncias para preservação da função ovariana durante a quimioterapia, utilizando o modelo murino.

Nenhum projeto cadastrado

 



Biotecnologia Aplicada A Saúde

Líder: DAVID FERNANDO DE MORAIS NERI
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Bioquímica)



O grupo é formado por profissionais das Ciências Biológicas e Ciências Farmacêuticas da Universidade Federal do Vale do São Francisco. Visa a aplicação de atividades voltadas a atenção/cuidado à saúde da população e desenvolvimento de produtos/processos que possam beneficiar a saúde e o bem estar. 

  • Gabriela Lemos de Azevedo Maia: Docente
  • Jefferson Oliveira Santos: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Biotecnologia da Reprodução Animal do Vale do São Francisco

Líder: Edilson Soares Lopes Júnior
Vice-líder: Mabel Freitas Cordeiro
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Reprodução Animal)



Primeiro Grupo de Pesquisa na Área de Biotecnologia da Reprodução Animal da Universidade Federal do Vale do São Francisco, bem como do Vale do São Francisco; Grupo a gerar o primeiro embrião ovino produzido totalmente in vitro do Vale do São Francisco.

  • Laís Gomes da Silva Costa: Discente
  • Maria Lilian Gomes Loiola Torres: Discente
  • Joedson Dantas: Discente
  • Laisa Gomes Medeiros Ribeiro: Discente
  • António Fernando de Barros Pereira Pinto: Discente
  • Luana Barbosa Freire de Figueiredo: Discente
  • Matheus de Jesus Sá Silva: Discente
  • Maria Naiara Pereira da Silva: Discente
  • Priscila Ramos Gonçalves: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga

Líder: Patricia Avello Nicola Pereira
Vice-líder: Leonardo Barros Ribeiro
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea ecologia)



O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA-CAATINGA) é a sede do grupo de pesquisa multidisciplinarde mesmo nome (cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq) e conta com participação de professores pesquisadores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e de outras instituições brasileiras e estrangeiras, cujos projetos contam com o apoio financeiro do Ministério de Integração Nacional, CNPq, FACEPE.


Este grupo de pesquisa foi idealizado e criado por um grupo de professores da UNIVASF com o objetivo de obter informações da fauna ocorrente no nordeste brasileiro. Suas ações tem se concentrado, desde 2008, nos estudos de inventário, resgate e monitoramento da fauna silvestre nas áreas de influência direta e indireta do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional, conforme estabelecido no Plano Básico Ambiental de Conservação de Fauna e Flora- 23.

Sua sede foi construída com o apoio financeiro do Ministério de Integração Nacional e conta com as seguintes unidades: Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), Núcleo de Ecologia Molecular, Centro de Visitantes e Museu de Fauna

Além das ações realizadas in situ, o CEMAFAUNA também atua na recuperação de espécies animais através de ações de conservação ex situ na sua unidade CETAS, conforme determinado SISFAUNA/IBAMA.

  • Marcelo Domingues de Faria: Docente
  • Benoit Jean Bernard Jahyny: Docente
  • Kyria Cilene de Andrade Bortoleti: Docente
  • Draulio Costa da Silva: Docente
  • Aline Candida Ribeiro Andrade e Silva: Docente
  • Luiz Cézar Machado Pereira: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (cemafauna)

Líder: Patricia Avello Nicola Pereira
Vice-líder: Leonardo Barros Ribeiro
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia)



O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA-CAATINGA) é a sede do grupo de pesquisa multidisciplinar de mesmo nome (cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq) e conta com participação de professores pesquisadores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e de outras instituições brasileiras e estrangeiras, cujos projetos contam com o apoio financeiro do Ministério de Integração Nacional, CNPq, FACEPE. Este grupo de pesquisa foi idealizado e criado por um grupo de professores da UNIVASF com o objetivo de obter informações da fauna ocorrente no nordeste brasileiro. Suas ações tem se concentrado, desde 2008, nos estudos de inventário, resgate e monitoramento da fauna silvestre nas áreas de influência direta e indireta do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional, conforme estabelecido no Plano Básico Ambiental de Conservação de Fauna e Flora-23. Sua sede foi construída com o apoio financeiro do Ministério de Integração Nacional e conta com as seguintes unidades: Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), Núcleo de Ecologia Molecular, Centro de Visitantes e Museu de Fauna. Além das ações realizadas in situ, o CEMAFAUNA também atua na recuperação de espécies animais através de ações de conservação ex situ na sua unidade CETAS, conforme determinado SISFAUNA/IBAMA.

  • Leonardo Barros Ribeiro: Docente
  • Patricia Avello Nicola Pereira: Docente
  • Geiza Rodrigues dos Santos: Discente
  • Marcelo Domingues de Faria: Docente
  • Benoit Jean Bernard Jahyny: Docente
  • Kyria Cilene de Andrade Bortoleti: Docente
  • Draulio Costa da Silva: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Centro de Estudos Organizacionais do Semiárido - Ceos

Líder: Fernanda Roda de Souza Araújo Cassundé
Vice-líder: milka alves correia barbosa
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Interdisciplinar)



O Grupo de Pesquisa CEOS - Centro de Estudos Organizacionais do Semiárido, por meio da integração interdisciplinar de seus membros, tem por objetivo incentivar investigações das nuances organizacionais prioritariamente do semiárido brasileiro, mas não exclusivamente. O CEOS conta com a participação de pesquisadores de várias áreas de conhecimento e de diferentes perspectivas teóricas cuja proposta é a de promover a visibilidade às pesquisas e fortalecer vínculos acadêmicos, estabelecer laços com organizações sociais, com outras universidades e outros entes públicos e governamentais dedicados ao semiárido brasileiro. Os pesquisadores do CEOS já desenvolveram quatro teses de doutorado e estabeleceram parceria com duas universidades estrangeiras (Universidad Nacional Autónoma de México e a University of Birmingham).

  • Nildo Ferreira Cassundé Junior: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Ciência e Tecnologia de Carnes e Derivados no Semiárido Brasileiro

Líder: Rafael Torres de Souza Rodrigues
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ciência e Tecnologia de Alimentos)



As pesquisas realizadas pelo Grupo Ciência e Tecnologia de Carne e Derivados no Semiárido Brasileiro fornecerão, principalmente, subsídios técnico-científicos para a indústria de carnes e derivados cárneos do Semiárido Brasileiro, com pesquisas voltadas para o desenvolvimento de tecnologias para o processamento de carnes, avaliação de qualidade de carnes e derivados e uso de produtos naturais na elaboração de derivados cárneos, especialmente, de caprinos e ovinos.

Nenhum projeto cadastrado

 



Constelações: Arte e Cultura de Uma Perspectiva Crítica

Líder: ELSON DE ASSIS RABELO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Artes)



Reuniões ordinárias para discussão e aprofundamento conceitual sobre arte, história da arte e teoria da imagem.


Apresentação de projetos e pesquisas em andamento.

Discussão de textos para eventos e periódicos.

Nenhum projeto cadastrado

 



Desenvolvimento Farmacotécnico Industrial de Produtos Farmacêuticos

Líder: Larissa Araújo Rolim
Vice-líder: Larissa Araújo Rolim
Ano de Criação: 1999
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmácia)



A equipe participante do grupo de pesquisa, sob minha Coordenação no Laboratório de Tecnologia dos Medicamentos (LTM) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), vem nos últimos anos desenvolvendo atividades relacionadas à obtenção tecnológica de produtos, sempre suportado nos princípios de Boas Práticas de Fabricação e Controle (BPFC). O grupo tem atuado em pesquisa e prestação de serviços para a Indústria Farmacêutica e Cosmética, principalmente na formação de jovens pesquisadores na área de Pesquisa & Desenvolvimento. No conceito de Desenvolvimento Farmacotécnico Industrial, foram elaborados vários trabalhos em diferentes áreas, tais como: -Caracterização de Insumos Farmacêuticos e Cosméticos; -Desenvolvimento Técnico em Escalas de Bancada, Piloto e Industrial; -Estudos de Estabilidade de Fármacos, Medicamentos e produtos correlatos; -Desenvolvimento e Validação de Métodos Analíticos; -Equivalência Farmacêutica, entre outras atividades.

Nenhum projeto cadastrado

 



Doenças Infecciosas e Negligenciadas do Vale do São Francisco

Líder: Rodrigo Feliciano do Carmo
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina)



O grupo de pesquisa em doenças infecciosas e negligenciadas do vale do São Francisco reúne pesquisadores e estudantes das diversas áreas de conhecimento realizando pesquisa básica e aplicada em doenças infecciosas importantes na região do Vale do São Francisco. Este grupo se propõe a desenvolver estudos epidemiológicos, compreender mecanismos de patogenicidade, desenvolver novos métodos diagnósticos e traçar estratégia para o controle de doenças endêmicas na região como: leishmaniose, hanseníase, hepatites virais, arboviroses, HIV/Aids, entre outros.

  • Breno de Araújo Dias: Discente
  • Laercio Medeiros Ribeiro: Discente
  • Ricardo Santana de Lima: Docente
  • Bruna Manuella Souza Silva: Discente
  • Lucyo Flavio Bezerra Diniz: Discente
  • Tiago Fernandes Machado: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Doenças Nutricionais, Metabólicas, Parasitárias e Infecciosas dos Animais Domésticos no Semiárido

Líder: Alexandre Coutinho Antonelli
Vice-líder: Mauricio Claudio Horta
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina Veterinária)



Espera-se desenvolver projetos de pesquisa que contribuam para caracterizar as enfermidades que estão no escopo do grupo, assim estudar sua epidemiologia, patogenia, novas alternativas de tratamento e prevenção.

Nenhum projeto cadastrado

 



Ecologia, Conservação e Manejo da Entomofauna do Semiárido Nordestino

Líder: VININA SILVA FERREIRA
Vice-líder: Rita de Cassia Rodrigues Gonçalves Gervásio
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Entomologia)



O grupo de pesquisa Ecologia, Conservação e Manejo da Entomofauna do Semiárido Nordestino tem o objetivo de fornecer informações sobre insetos da Caatinga que ocorrem especialmente na região do Pólo de Agricultura de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Essa região conta com uma entomofauna pouco conhecida e provavelmente com espécies que ainda não foram descritas. O grupo consta de pesquisadores que estudam ecologia da polinização, nidificação, utilização de recursos tróficos, redes de interações, e manejo de abelhas sociais e solitárias; biologia e comportamento de formigas; e controle de insetos de interesse agronômico através de agentes biológicos e utilização de extratos vegetais de plantas da Caatinga. Além disso, tem sido utilizada as ferramentas de morfometria geométrica e tradicional para estudos evolutivos, taxonômicos, ontogenéticos e de variabilidade populacional de insetos, juntamente com as análises de citogenética e de biologia molecular

Nenhum projeto cadastrado

 



Ecologia de Ecossistemas Aquáticos de Água Doce

Líder: Maria Carolina Tonizza Pereira
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia)



O grupo pretende participar ativamente das discussões sobre a revitalização do Rio São Francisco através das redes sociais, artigos científicos bem como participar das reuniões do Comitê de Bacia do Rio São Francisco. Através dos resultados obtidos, o grupo poderá divulgar seus resultados científicos e ganhar repercussão nacional e internacional.

Nenhum projeto cadastrado

 



Ecologia e Conservação da Biodiversidade da Mesorregião Centro-norte Baiana

Líder: Airton de Deus Cysneiros Cavalcanti
Vice-líder: Felipe Silva Ferreira
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia)



O grupo de pesquisa tem como objetivo principal realizar estudos de: levantamento e monitoramento de espécies que ocorrem na região; dados ecológicos de populações e comunidades naturais; análise genética de espécies, populações e comunidades; interações entre humanos e a biodiversidade; prospecção de compostos biologicamente ativos. De posse destes dados estabelecer ações de conservação, preservação e/ou manejo adequado dos recursos naturais da mesorregião do centro norte baiano, estabelecendo base teórica e prática para ações de conservação e sustentabilidade da paisagem.

  • Ernani Machado de Freitas Lins Neto: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Ecologia e Sistemática de Plantas Neotropicais

Líder: José Alves de Siqueira Filho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2006
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia de ecossitemas)



O Grupo de Pesquisa "Ecologia e Sistemática de Plantas Neotropicais" é composto por pesquisadores, técnicos e estudantes de iniciação científica da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e instituições parceiras. O grupo atua em ações transversais e interdisciplinares com base em estudos de florística, sistemática, ecologia, biogeografia e interação planta-animal (insetos, aves e mamíferos) voltados para a conservação e recuperação de áreas degradadas na Caatinga e Mata Atlântica. O grupo é responsável pelo planejamento de estratégias para a revitalização das áreas prioritárias para a conservação da diversidade biológica na Bacia Hidrográfica do São Francisco, especialmente no bioma Caatinga, além de conduzir estudos paralelos na Mata Atlântica nordestina. O grupo é responsável pela criação e expansão de um herbário de referência sobre plantas da Caatinga e uma coleção de insetos polinizadores. O grupo ainda mantém colaboração com várias organizações não-governamentais (OPAC, Aguavale, Fundação o Boticário, Fundação Biodiversitas) e instituições de pesquisa nacionais (EMBRAPA Semi-árido, UFPE, Herbarium Bradeanum, entre outros) e internacionais (Jardim Botânico de Genebra e de Viena). Em apenas dois anos, o grupo coordenou projetos de pesquisa com enfoque para a conservação da natureza com financiamentos do Ministério da Cultura (MINC); Fundação o Boticário para Proteção à Natureza (FBPN/PICN) e Ministério do Meio Ambiente (MMA); bem como participando de projetos apoiados pela Fundação Biodiversitas através do Programa Espécies Ameaçadas. Os pesquisadores do grupo trabalham ativamente na formação de recursos humanos, na iniciação científica. Quanto à produção científica, o grupo já publicou livros, capítulos de livros e artigos científicos em revistas de impacto nacional e internacional.

  • Maria Angélica Guimarães Barbosa: Docente
  • Mariana Macario de Lira Santos: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Ecovet - Ecologia e Controle de Vetores

Líder: Roseli La Corte dosSantos
Vice-líder: Sandra Mari Yamamoto
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Parasitologia)



Os objetivos do grupo estão direcionados para questões de saúde pública no que concerne ao controle das doenças tropicais, sobretudo aquelas endêmicas da Região Nordeste. Os estudos atuais incluem a epidemiologia da esquistossomose, dengue e outras arboviroses emergentes, ecologia e controle de vetores e efetividade das práticas de controle de esquistossomose em Sergipe. Como alternativas para o controle de parasitoses e seus vetores são investigados produtos naturais da Região Nordeste com atividade parasiticida, larvicida e planorbicida, desde a pesquisa exploratória até o desenvolvimento de formulações mais efetivas para utilização nas rotinas dos programas de controle.


O grupo possui quatro linha de pesquisa: Ecologia e controle de vetores, Biologia Molecular de parasitos e vetores, Epidemiologia e controle de doenças endêmicas do nordeste e Novos produtos para o controle de vetores.

Possui nove pesquisadores nacionais, um internacional, 25 alunos e duas técnnicas.

 

Nenhum projeto cadastrado

 



Educação e Desenvolvimento

Líder: Geida Maria Cavalcanti de Sousa
Vice-líder: Marcelo Silva de Souza Ribeiro
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



Desenvolve estudos nas áreas de educação e da psicologia do desenvolvimento, agregando pesquisas com estudantes de iniciação científica, do Mestrado em Psicologia e do Mestrado em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido da Univasf. Está articulado à Revasf, Revista de Educação do Vale do São Francisco.

Nenhum projeto cadastrado

 



Educação e Desenvolvimento

Líder: Marcelo Silva de Souza Ribeiro
Vice-líder:
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia; Educação;)



O grupo de pesquisa Educacão e Desenvolvimento abriga o Núcleo de Estudos e Práticas sobre Infâncias e Educacão Infantil - NUPIE, que vem desenvolvendo importantes atividades acadêmicas desde 2014. Nesse snetido é possível elencar, de modo geral, as seguintes atividades desenvolvidas:


 

- Grupo de estudos permanente;

- Produção de artigos (já uma dezena);

- Produção de textos para jornais e blogs (mais de 20 trabalhos);

- Organizacão de eventos acadêmicos: 8 (entre mesas redonda, colóquios e debates);

- Participação em eventos: 6 (com apresentação de trabalhos em todos eles);

- Orientação de TCC de graduação e especailização e orientação em mestrados;

- Desenvolvimento de pesquisas e projetos de extensão, inclusise com finaciamento da Univasf e Facepe.

Nenhum projeto cadastrado

 



Engenharia na Agropecuária do Semiárido

Líder: Silvia Helena Nogueira Turco
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Engenharia Agricola)



Este grupo desejar desenvolver pesquisa relacionada com a influencia dos fatores ambientais sobre a produção animal e vegetal. E como definir técnicas para minimizar os efeitos deletérios do clima. Desenvolvimento tecnológico para sistemas agropecuários.

Nenhum projeto cadastrado

 



Epidemiologia, Vigilância e Controle de Doenças Infecciosas e Negligenciadas

Líder: César Augusto da Silva
Vice-líder:
Ano de Criação: 2007
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Epidemiologia de doenças infecciosas e negligenciadas)



O grupo de pesquisa em vigilância e controle de parasitoses e doenças negligenciadas tem como objetivos principais: avaliar as condições de saneamento básico e higiene na área rural e urbana do município de Petrolina/PE; determinar a prevalência de parasitoses nos moradores das vilas de irrigação e em crianças de escolas e creches municipais da cidade; conhecer o comportamento epidemiológico das parasitoses no município de Petrolina/PE; identificar as parasitoses de pacientes antendidos pelas Unidades de Saúde da Família do município; traçar o perfil epidemiológico de doenças negligenciadas, em especial, leishmanionse, doença de Chagas, tuberculose e hanseíase nos municípios integrantes do sertão de Pernambuco; desenvolver atividades educativas em saúde que orientem e mobilizem a comunidade atendida, a população em geral e os profissionais de saúde para a higienização do ambiente, água e alimentos; e por fim, promover ações de cuidados com a saúde e prevenção de doenças.

  • João Alves do Nascimento Júnior: Docente
  • Mateus de Sousa Rodrigues: Discente
  • Carlos Alberto de Oliveira Filho: Discente
  • Davi Rios do Nascimento: Discente
  • Amanda Ciriaco Dantas: Discente
  • Adenivaldo Lima Filgueira Junior: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Espectroscopia de Impedância e Materiais Orgânicos

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2004
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Física)



Projetos focados em preparação e caracterização de materiais orgânicos (polímeros condutores e agregados macromoleculares), com potencial aplicação em dispositivos orgânicos e fotônicos também aplicados na industria de armazenamento de energia. O uso da espectroscopia de impedância no estudo de novos materiais permite com que processos típicos de reorientação molecular possam ser mapeados, sendo essa uma das técnicas mais trabalhada pelo grupo de pesquisa. O Laboratório de Espectroscopia de Impedância e Materiais Orgânicos (LEIMO) integra o conjunto de laboratórios do Instituto de Pesquisa da UNIVASF (IPCM-UNIVASF) sendo também parte da infraestrutura do Programa de pós-Graduação em Ciência dos Materiais da instituição.

Nenhum projeto cadastrado

 



Farmacologia Experimental

Líder: Raimundo Campos Palheta Junior
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmacologia)



 



Farmacologia Pré-clínica de Produtos Naturais e Compostos Sintéticos

Líder: Luciano Augusto de Araújo Ribeiro
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ciências Biológicas; Farmacologia)



O grupo de pesquisa em Farmacologia Pré-Clínica de Produtos Naturais e Compostos Sintéticos tem atuado na área de farmacologia básica, mais propriamente nas sub-áreas de farmacologia do sistema cardiovascular, gastrointestinal, reprodutor e respiratório, com uma crescente produção científica nos últimos anos em revistas indexadas de repercussão nacional e internacional. O grupo de pesquisa está sediado na Universidade Federal do Vale do São Francisco, realizando suas pesquisas no Laboratório de Farmacologia Experimental (LAFEX).

Nenhum projeto cadastrado

 



Fenômenos de Transferência do Vale do São Francisco

Líder: Luiz Mariano Pereira
Vice-líder:
Ano de Criação: 2004
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Mecânica)



O Grupo de Pesquisa em Fenômenos de Transferência foi criado com o objetivo de desenvolver pesquisas relativas a problemas regionais do semi-árido nordestino relacionados ao aproveitamento, transformação e conservação de energia. Os membros do grupo atuam em vários projetos relativos à área de energia.

Nenhum projeto cadastrado

 



Fitomelhor - Variabilidade de Fitopatógenos, Melhoramento Genético e Resistência à Doenças no Semiárido

Líder: Francine Hiromi Ishikawa
Vice-líder: Alexandre Sandri Capucho
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia)



Esse grupo de pesquisa visa estudar as doenças de plantas importantes na região do submédio do Vale do São Francisco aliado ao melhoramento genético. Será avaliada a variabilidade de fitopatógenos para dar suporte ao desenvolvimento de cultivares resistentes a doenças. Em parceria com a EMBRAPA, serão desenvolvidas atividades de caracterização de germoplasma e manejo de doenças com intuito de fortalecer as instituições parceiras. A utilização de cultivares resistentes aliada ao manejo racional das doenças permitirão que os agricultores produzam alimentos mais saudáveis e de forma sustentável.

  • Jerônimo Constantino Borel: Docente
  • Izaias da Silva Lima Neto: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Formação Econômica e Social do Semiárido Brasileiro

Líder: LEONARDO MILANEZ DE LIMA LEANDRO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea História Econômica)



Busca-se dar início a uma agenda de pesquisas dedicadas às questões específicas da formação econômica e social do semiárido brasileiro, suas dinâmicas e trajetórias de desenvolvimento, demografia e história de empresas.

Nenhum projeto cadastrado

 



Fruticultura do Vale do São Francisco (frutvasf)

Líder: Ítalo Herbert Lucena Cavalcante
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Pós-colheita)



O grupo de pesquisa Fruticultura no Vale do São Francisco (FRUTVASF) foi criado em 2013 com o objetivo de resolução de problemas da fruticultura no Vale do São Francisco, através de resultados experimentais executados in loco, de preferência em parceria com o produtor, formação de recursos humanos capacitados e busca por alternativas ao setor frutícola regional.
    Procuramos disponibilizar as ações do FRUTVASF à sociedade, especialmente àqueles que atuam diretamente no setor frutícola do Vale, incluindo estudantes de Engenharia Agronômica, pós-graduandos, consultores independentes, profissionais das Ciências Agrárias e produtores da região. De uma forma geral, os nossos esforços de pesquisa são dedicados a ajudar os fruticultores do Vale do São Francisco a produzir frutos com qualidade, de forma competitiva e rentável, com práticas agrícolas sustentáveis.
    Atualmente a equipe é formada por oito pesquisadores doutores (UNIVASF, Embrapa Semiárido, UNESP e UFPB), pós-graduandos dessas instituições e estudantes de Engenharia Agronômica, desenvolvendo projetos de pesquisa em parceria com produtores do Vale do São Francisco e no Setor de Fruticultura da UNIVASF/Petrolina-PE, com manga, goiaba, maracujá, amora-preta e romã.

Nenhum projeto cadastrado

 



Fruticultura no Vale do São Francisco -frutvasf

Líder: Ítalo Herbert Lucena Cavalcante
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia)



O grupo de pesquisa Fruticultura no Vale do São Francisco (FRUTVASF) foi criado em 2013 com o objetivo de resolução de problemas da fruticultura no Vale do São Francisco, através de resultados experimentais executados in loco, de preferência em parceria com o produtor, formação de recursos humanos capacitados e busca por alternativas ao setor frutícola regional.
    Procuramos disponibilizar as ações do FRUTVASF à sociedade, especialmente àqueles que atuam diretamente no setor frutícola do Vale, incluindo estudantes de Engenharia Agronômica, pós-graduandos, consultores independentes, profissionais das Ciências Agrárias e produtores da região. De uma forma geral, os nossos esforços de pesquisa são dedicados a ajudar os fruticultores do Vale do São Francisco a produzir frutos com qualidade, de forma competitiva e rentável, com práticas agrícolas sustentáveis.
    Atualmente a equipe é formada por oito pesquisadores doutores (UNIVASF, Embrapa Semiárido, UNESP e UFPB), pós-graduandos dessas instituições e estudantes de Engenharia Agronômica, desenvolvendo projetos de pesquisa em parceria com produtores do Vale do São Francisco e no Setor de Fruticultura da UNIVASF/Petrolina-PE, com manga, goiaba, maracujá, amora-preta e romã.

  • Augusto Miguel Nascimento Lima: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Fruticultura no Vale do São Francisco (frutvasf)

Líder: Ítalo Herbert Lucena Cavalcante
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia)



Grupo formado com o objetivo de resolução de problemas da fruticultura no Vale do São Francisco através de resultados experimentais executados in loco, formação de recursos humanos capacitados e busca por alternativas ao setor frutícola regional.

  • Marcos Sales Rodrigues: Docente
  • Ernani Machado de Freitas Lins Neto: Docente
  • Marcelle Almeida da Silva: Docente
  • Augusto Miguel Nascimento Lima: Docente
  • Ítalo Herbert Lucena Cavalcante: Docente
  • Karla dos Santos Melo de Sousa: Docente
  • Vespasiano Borges de Paiva Neto: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Gacci - Grupo de Automação Controle e Circuitos Integrados

Líder: Rômulo Calado Pantaleão Camara
Vice-líder: ISNALDO JOSÉ DE SOUZA COÊLHO
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Ciência da Computação)



As repercussões esperadas pela atuação do GACCI são a capacitação de alunos de graduação e pós-graduação em Engenharias para trabalhar com as mais recentes tecnologias na área de controle e automação e no desenvolvimento de circuitos integrados digitais e analógicos. O grupo irá desenvolver projetos de hardware com o uso de microcontroladores, FPGAs e ferramentas para o desenvolvimento de ASIC(Application-Specific Integrated Circuit). Junto com outros grupos da mesma instituição, o GACCI tem o objetivo de colaborar para novos avanços científicos tanto para a região quanto para a nação. No desenvolvimento de hardware o GACCI tem a pretensão de formar o primeiro grupo de desenvolvimento de Hardware do interior de Pernambuco/Bahia criando recursos humanos para esta área inovadora e em crescimento.

Nenhum projeto cadastrado

 



Gedagin- Grupo de Estudos e Pesquisa em Dança e Ginástica

Líder: Marcelo de Maio Nascimento
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Educação Física)



GEDAGIN tem como objetivo o estudo das relações entre o corpo e o movimento humano. Suas ações buscam o desenvolvimento de competências e capacidades dos discentes do Colegiado de Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) com foco na ginástica funcional, laboral, Pilates, e dança para grupos de idosos e escolares. Suas investigações abrangem ainda a área da corporeidade, e o desenvolvimento de metodologias de ensino-aprendizagem do movimento corporal humano. Por meio de convênio firmado com o Instituto de Anatomia e Fisiologia da Universidade de Esportes de Colônia/Alemanha (die Deutsche Sporthochschule Köln), em 2012, são desenvolvidos projetos bilaterais.

Nenhum projeto cadastrado

 



Geeecs-grupo de Estudos Experimental e Epidemiológico em Ciência e Saúde

Líder: Ricardo Santana de Lima
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ciências da Saúde)



O GEEECS é composto por pesquisadores, estudantes de graduação e Pós-Graduação da Univasf, incluindo o HU-Univasf, tendo como finalidade:


1-Promover articulação de ideias, experiências e trabalhos dentro e fora da Univasf;

2-Prospectar fomento por projetos de pesquisa e extensão relacionados com as áreas de atuação dos pesquisadores do grupo;

3-Despertar nos estudantes o interesse pela investigação científica;

4-Fortalecer a pesquisa e a inovação na Univasf, promovendo a nucleação de pesquisadores, gerando linhas de pesquisa e oportunidade para o desenvolvimento de trabalhos de Pós-Graduação.

Os indicadores do GEEECS serão a formação de pesquisadores no nível de mestrado, de iniciação científica e inovação tecnológica, orientação em ensino por projetos de monitoria acadêmica, promoção e condução de atividades de extensão universitária, participação em eventos científicos nacionais e internacionais, publicação em periódicos científicos indexados, produção de produtos e depósito de patentes.

Nenhum projeto cadastrado

 



Geis - Grupo de Estudos Integrados do Semiárido

Líder: Michely Correia Diniz
Vice-líder: Benoit Jean Bernard Jahyny
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ciências Biológicas)



A região do Semiárido é detentora de um grande número de espécies endêmicas e únicas, sendo um patrimônio biológico de valor incalculável, por sua riqueza, beleza e resiliência, mas apresenta um potencial ainda pouco explorado e valorizado. Neste intuito, o Grupo de Estudos Integrados do Semiárido (GEIS) objetiva estudar e desvendar a biodiversidade e suas interações numa abordagem sistêmica e holística utilizando os saberes como entomologia, fisiologia vegetal, micologia, parasitologia, gestão ambiental e genética, para o desenvolvimento sustentável dessa região. Os interesses do GEIS focam no Semiárido, mas não se restringem a ele.

Nenhum projeto cadastrado

 



Gema - Geografia, Ecologia Espacial e Modelagem Ambiental

Líder: Gustavo Hees de Negreiros
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Interdisciplinar (subárea meio ambiente e geografia)



O GEMA é um grupo de pesquisa com uma proposta de trabalho especializado no uso de geoprocessamento, sensoriamento remoto, modelagem e outras tecnologias espaciais como ferramentas aplicadas ao entendimento do espaço, da paisagem, do território e suas ecologias no suporte às ciências geográficas e ambientais. O grupo visa atuação em todo o território nacional, é baseado no Semiárido da Bahia e trabalha com ênfase nas regiões norte e nordeste, menos favorecidas historicamente por ações de pesquisa que buscam a ampla compreensão das relações entre o espaço natural e geográfico, suas populações e seu ambiente físico, naturalmente estabelecidas ou induzidas. Os projetos de pesquisa e extensão associados a este grupo são relacionados principalmente à paleoecologia, ecologia de paisagem e humana, geografia, turismo e ecoturismo, degradação ambiental e conservação, nos ambientes de Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, e Floresta Amazônica

Nenhum projeto cadastrado

 



Geografia, Educação e Movimentos Sociais (gems)

Líder: João César Abreu de Oliveira Filho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Geografia Humana )



O grupo de estudos Geografia, Educação e Movimentos Sociais - GEMS da Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão articulando diversos saberes que interagem com o objetivo de propiciar maior conhecimento, agrupando pesquisadores de diversas áreas, como, Geografia, Ciências Sociais, História, Pedagogia, dentre outras. Neste sentido, os estudos têm por finalidade analisar os processos geográficos, educacionais e dos movimentos sociais relacionados à produção do espaço geográfico e sua construção teórica-metodológica, com o intuito de aprofundar as questões vinculadas à qualidade dos acadêmicos e pesquisadores, orientar os integrantes do grupo a terem uma cultura de pesquisa especificamente objetivando o ensino, pesquisa e a extensão, com bolsas de iniciação cientifica, mestrado e doutorado

Nenhum projeto cadastrado

 



Geografia, Trabalho e Ontologia do Ser Social: Estudos Sobre A Essência da Relação Sociedade-natureza - Gtoss

Líder: Átila de Menezes Lima
Vice-líder: Pedro Ricardo da Cunha Nóbrega
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Geografia)



O grupo de pesquisas e estudos nasce com duplo objetivo. Primeiramente com a necessidade de superação das análises idealistas subjetivistas pautadas no apriorismo kantiano de analisar a relação sociedade e natureza que faz desencandear uma leitura gnosiológica e da teoria do conhecimento, negando assim uma leitura ontológica (da coisa em si) da realidade, por uma leitura da realidade enquanto representação. O segundo objetivo é trazer a tona a perspectiva metodológica (desfetichizada) e prática de uma geografia do trabalho como procedimento analítico do real, superando assim visões que analisem o espaço geográfico sem sujeitos concretos (geografia das estruturas) visando assim uma análise das mediações e processos para entendimento da essência do real.

  • João César Abreu de Oliveira Filho: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Gepegene

Líder: Ferdinando Oliveira Carvalho
Vice-líder: José Fernando Vila Nova de Moraes
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Educação Física)



O grupo de estudos e pesquisa em genética e exercício (GEPEGENE) foi criado em agosto de 2010, tendo como sede a Universidade Federal do Vale do São Francisco na cidade de Petrolina-PE. As principais intervenções do grupo estão relacionados a área da atividade física (Escolar e não escolar), aptidão física em crianças e adolescentes, obesidade na infância e adolescência, doenças crônico-degenerativas na idade pediátrica, modelos de intervenção de exercícios físicos aos jovens escolares e influência genética (ECA, ACTN3 e FTO) nos principais fenótipos (Obesidade, diabetes, hipertensão), sobretudo no sertão nordestino. Além disso, ainda fazem pesquisas relacionadas ao vinho tinto e exercício, bem como, treinamento com pesos e tipos de suplementação.

Atualmente, o grupo conta com 12 pesquisadores doutores de diversas Universidades do Brasil e da UNIVASF, 5 alunos de mestrado, 24 alunos bolsistas (FACEPE, CNPq, CAPES, PROEXT/MEC e UNIVASF) e 7 voluntários. Os encontros acontecem semanalmente (terça-feira) possibilitando aos alunos da graduação do Curso de Educação Física e áreas afins (Fisioterapia, Nutrição, Ciências Biológicas, Farmácia, Medicina, Enfermagem) o aprofundamento dos conhecimentos em relação as suas principais linhas de pesquisas.

Nenhum projeto cadastrado

 



Gfalevale - Grupo de Fontes Alternativas de Energia do Vale do São Francisco

Líder: Adeon Cecilio Pinto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Elétrica)



Diante da multidisciplinaridade da questão ambiental, torna-se imprescindível a implementação do diálogo e a articulação institucional entre os diferentes representantes da sociedade, do setor de produção e, principalmente, da pesquisa, de modo a serem considerados os preceitos de proteção ambiental no planejamento para o uso racional dos recursos naturais. Dentro desse contexto, esta linha de pesquisa visa a inclusão e disseminação junto aos diversos setores da sociedade quando ao uso das fontes energéticas renováveis. Além disso, deve ressaltar a necessidade de desenvolver novas tecnologias ou métodos que visam melhorar o desempenho tanto técnico quanto financeiro desse tipo de aproveitamento energético, dentre estes avanços almejados destacam-se a necessidade de ferramentas analíticas, obtenção de dados, aprimoramento de produtos ou serviços e aproveitamentos de outros resíduos. Este grupo de pesquisa visa a disseminação das fontes renováveis de energia, através de pesquisas técnico-científicas, bem como projeto de extensão, objetivando um desenvolvimento baseado na sustentabilidade. Vale ressaltar que este tipo de aproveitamento energético pode contribuir significativamente para a inclusão social e também com a preservação ambiental, ambos temas extremamente relevantes numa sociedade que busca o reconhecimento entre as grandes nações mundiais.

Nenhum projeto cadastrado

 



Gpecc - Grupo de Pesquisas em Construção Civil

Líder: José Getulio Gomes de Sousa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2006
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Civil)



O presente grupo de pesquisa surge com a necessidade de consolidação da área de construção civil, durante a implantação do curso de engenharia civil na Universidade Federal do Vale do São Francisco. O grupo é formado por pesquisadores com plena atuação em temas relacionados ao estudo dos materiais de construção, desempenho, durabilidade e gestão, bem como técnicas e detalhes construtivos. Dentre os assuntos abordados pelos pesquisadores, destacam-se: o estudo das argamassas de revestimento, concretos especiais, desenvolvimento e caracterização de materiais, biodeterioração do concreto, materiais de reparo, reciclagem de resíduos da construção civil, utilização de ferramentas computacionais no ensino e na definição de sistemas construtivos e pesquisas de técnicas e materiais tradicionais de construção. O grupo logo no seu início tem buscado a interdisciplinaridade, bem como o intercâmbio com instituições de cunho regionais e nacionais. Além disso, vêm sendo incentivados os contatos e convênios com o meio técnico local, principalmente, as construtoras, prefeitura, indústrias de materiais de construção e órgãos de classe ligados à indústria da construção.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Caracterização de Materiais Estruturais

Líder: Nelson Cárdenas Olivier
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Caracterização de materiais)



Aproveitamento de Resíduos Cerâmicos. Desenvolvimento de novos materiais a partir do gesso.


Produção e caracterização de biomateriais.

Comportamento mecânico de materiais metálicos e metalurgia de transformação.

Comportamento mecânico de materiais poliméricos

Comportamento mecânico e sínteses de materiais cerâmicos

Difusão de líquidos e gases em materiais porosos

Vibrações em Sistemas Mecânicos

 

  • Alan Christie da Silva Dantas: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Caracterização de Materiais Estruturais

Líder: Nelson Cárdenas Olivier
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Mecânica e de Materiais)



O Grupo de Caracterização de Materiais Estruturais tem como principais áreas de atuação:


- caracterização mecânica de materiais;

- processos de fabricação mecânicos;

- pós-colheita de produtos agrícolas;

- biomecânica e biomateriais.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Desenvolvimento e Avaliação de Formas Farmacêuticas e Cosméticos

Líder: Talita Mota Gonçalves
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmácia)



Grupo de Pesquisa em desenvolvimento e avaliação de formulações farmacêuticas e cosméticas convencionais e micro/nanoestruturadas à base insumos sintéticos e/ou oriundos dos recursos naturais do semiárido. Dentre estas, destacam-se o desenvolvimento de formulações fitocosméticas à base de extrato de plantas do semiárido com a finalidade de proteção solar, bem como o de formulações micro/nanoestruturadas de núcleo lipídico preparadas a partir de óleos vegetais e/ou essenciais da flora do semiárido. Somado ao desenvolvimento das formulações, objetiva-se também a avaliação das preparações farmacêuticas e cosméticas por meio da caracterização físico-química, biológica in vitro e in vivo e estabilidade.

  • Gabriela do Nascimento Vieira: Discente
  • Daiseane Pinheiro de Amorim: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Engenharia de Sistemas Computacionais (gesc)

Líder: MAX SANTANA ROLEMBERG FARIAS
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia de Computação)



O Grupo de Engenharia de Sistemas Computacionais (GESC) da Univasf tem por objectivo a formação de recursos humanos altamente qualificado na área de engenharia de sistemas computacionais para o desenvolvimento de sistemas digitais e de metodologias para a concepção de tais sistemas. O campo de trabalho vai desde a especificação de sistemas até o design do próprio componente digital, incluindo a avaliação e estimativa de consumo de energia, o desenvolvimento de software dependente do hardware, o desenvolvimento e suporte de sistemas computacionais baseados em plataformas, internet das coisas e cidades inteligentes, o projeto de módulos de propriedade intelectual e as etapas de refinamento, validação e prototipagem. O GESC foi criado para investigar todas as etapas de desenvolvimento de um sistema computacional, desde a camada de hardware até a camada de software que compõem as aplicações.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudo em Suínos, Espécies Nativas e Silvestres

Líder: Elenice Andrade Moraes
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



As pesquisas realizadas pelo grupo permitirá a melhoria dos índices zootécnicos, bem como a qualidade dos produtos e derivados, contribuindo assim para o desenvolvimento e qualidade de vida na região do semiárido nordestino. As pesquisas serão desenvolvidas nas linhas a seguir: a) manejo e criação de peixes; b) avaliação de alimentos para ruminantes, não ruminantes e espécies silvestres; c) determinação das exigências nutricionais de raças nativas; d) manejo de pastagens e forrageiras, nativas e cultivadas na região semiárida;  e) avaliação de sistemas de produção de ruminantes, não ruminantes e espécies silvestres; f) avaliação da condição sanitária de espécies nativas e silvestres em cativeiro; g) caracterização, conservação e melhoramento genético das espécies animais de importância econômica;  h) avaliação de fitoterápicos, probióticos e alimentos funcionais como alternativas para o tratamento de enfermidades nos animais; i) levantamento da flora apícola da região.

  • Hugo Colombarolli Bonfá: Docente
  • Sandra Mari Yamamoto: Docente
  • Rita de Cássia Rodrigues de Souza: Docente
  • Eva Monica Sarmento da Silva: Docente
  • Sérgio Rodrigues Moreira: Docente
  • Débora Cristine de Oliveira Carvalho: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudo e Pesquisa em Matemática, Ensino e Aplicações

Líder: Lino Marcos da Silva
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Matemática)



O objetivo principal deste grupo de pesquisa é investigar a adequação de novas metodologias de ensino de matemática, bem como a análise e elaboração de materiais didáticos. Dessa forma, as atividades de pesquisas se concentram em duas atividades principais:


 

 

 

 

Atividade 1: Novas metodologias para o Ensino de Matemática

a) Investigar a viabilidade de métodos alternativos para o ensino de conteúdos de matemática do ensino médio.

 b) Investigar a viabilidade da introdução de tópicos de matemática no ensino médio.

 c) Investigar a eficácia de metodologias de ensino de matemática baseada na contextualização dos conteúdos.

 d) Investigar a eficácia de metodologias de ensino de matemática baseada na interdisciplinaridade.

Atividade 2: Análise e produção de material didático

a) Identificar aspectos dos livros didáticos que são considerados positivos por professores e por  alunos da disciplina.

 b) Investigar o nível de influência do livro didático  no sucesso ou no fracasso dos alunos.

 c) Investigar o uso de dispositivos móveis  na aprendizagem de conteúdos da  matemática.

 d)  Identificar a satisfação (sensação de conforto) do alunos com relação ao uso de livros digitais.

e) Analisar a percepção dos alunos em relação a dependência/independência do professor de Cálculo com o livro adotado.

Repercurssões:

As várias dissertações de mestrados desenvolvidas pelos discentes do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional, vinculados a este grupo de pesquisa, têm apresentados resultados que impactam diretamente na melhoria do processo ensino-aprendizagem da Matemática. Diversas metodologias e abordagens de ensino têm sido propostas através da experimentação e aplicação de processos metodológicos em sala de aula.

  • Alison Marcelo Van Der Laan Melo: Docente
  • Sergio Floquet Sales: Docente
  • Edson Leite Araújo: Docente
  • Paulo José Pereira: Docente
  • Fábio Henrique de Carvalho: Docente
  • Alexandre Ramalho Silva: Docente
  • Andressa da Silva Lino: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudo e Pesquisa em Matemática, Ensino e Aplicações

Líder: Lino Marcos da Silva
Vice-líder: Fábio Henrique de Carvalho
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Matemática)



As várias dissertações de mestrados desenvolvidas pelos discentes do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional, vinculados a este grupo de pesquisa, têm apresentados resultados que impactam diretamente na melhoria do processo ensino-aprendizagem da Matemática. Diversas metodologias e abordagens de ensino têm sido propostas através da experimentação e aplicação de processos metodológicos em sala de aula. Do ponto de vista da pesquisa em Matemática Aplicada, na linha Pesquisa Operacional e Aplicações, vários trabalhos tem sido desenvolvidos por estudantes dos cursos de engenharia .

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudo Multidisciplinar em Plantas Medicinais

Líder: Elba Lúcia Cavalcanti de Amorim
Vice-líder:
Ano de Criação: 2001
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmácia)



O estudo de plantas com atividade terapêutica contribui fortemente para a descoberta de novos medicamentos, aplicados ao tratamento ou cura de males como o câncer, doenças auto-imunes etc. Desde 1978, a Organização Mundial de Saúde, tem incentivado entidades de saúde a se organizarem e fazerem uma avaliação dos métodos naturais, principalmente da fitoterapia. O presente grupo de pesquisa, criado em 1995, vem desenvolvendo atividades que visam a validação científica de muitas plantas usadas na medicina popular, bem como buscando a melhoria da segurança, eficácia e qualidade de fitoterápicos através de estudos de padronização botânica e química, e de atividade biológica. As pesquisas do grupo envolvem estudos etnofarmacológicos, padronização botânica, controle de qualidade, levantamento fitoquímico, farmacológico e toxicológico, identificação estrutural de princípios ativos. O grupo vem se dedicando ao estudo de várias plantas medicinais da flora nordestina, verticalizando suas abordagens para plantas da ordem Lamiales (sensu Cronquist) que compreende famílias de grande interesse químico e farmacológico como Boraginaceae, Verbenaceae e Lamiaceae. A ordem Lamiales inclui espécies aromáticas e medicinais ricas em óleos essenciais com atividade biológica comprovada cientificamente, com representantes popularmente conhecidos como alecrim, alfavaca, mangericão, mangerona, alfazema e orégano. As atividades do grupo têm forte repercussão social e científica, sendo o mesmo de natureza multidisciplinar.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos Aplicados Ao Sistema Locomotor do Hu-univasf-gesloc

Líder: Ricardo Santana de Lima
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ciências da Saúde)



 


O grupo tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento técnico e científico, por meio do desenvolvimento de projetos de pesquisa e inovação tecnológica, com enfoque nas áreas de ortopedia, traumatologia, medicina do esporte, reabilitação, envelhecimento e biotecnologia, com propostas de investigação que envolvam avaliação, diagnóstico, assistência preventiva e curativa, produção de tecnologia no âmbito das afecções do aparelho locomotor. As linhas de pesquisa são constituídas de temas de cada área e desenvolvidas por equipes multidisciplinares, integrando profissionais, técnicos, estudantes de graduação e pós-graduação.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Atividades Biológicas de Frutos do Semiárido

Líder: Tiago Ferreira da Silva Araújo
Vice-líder: Janaina Karin de Lima Campos
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Plantas Medicinais)



Hábitos de estilo de vida têm sido cada vez mais correlacionados com o desenvolvimento de doenças metabólicas de extrema contribuição para o aumento da mortalidade mundial. Neste aspecto, dietas ricas em frutose têm sido associadas ao desenvolvimento de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) e hiperuricemia ao desenvolvimento de anormalidades na dinâmica renal. Este projeto objetiva investigar as repercussões metabólicas de tratamento com extratos etanólicos obtidos dos epicarpos de Plinia cauliflora e Campomanesia xanthocarpa em modelos experimentais DHGNA e hiperuricemia, respectivamente. Para tanto, pretende-se investigar a toxicidade oral aguda aos extratos incialmente e em seguida o efeito do tratamento com os extratos em dois protocolos diferentes: DHGNA induzida por dieta rica em frutose suplementada om solução aquosa de frutose a 30% por via oral e Hiperuriecemia induzida pela administração de oxonato de potássio, inibidor da uricase. Serão avaliados parâmetros bioquímicos, tais como glicose, colesterol total e frações, ácido úrico, creatinina, aspartato aminotransferase, alanina aminotransferase e insulina por métodos enzimáticos específicos. Serão investigadas alterações histológicas renais e hepáticas nos animais do experimento. Ainda, pretende-se caracterizar o conteúdo de compostos fenólicos dos extratos através de cromatografia líquida de alta eficiência. Por fim, espera-se que os resultados obtidos com a realização deste projeto possam contribuir para desenvolvimento cientifico e farmacotecnológico do semiárido nordestino, assim como para prospecção etnobotânica a flora local. Assim, pretende-se ampliar a pesquisa técnico científica na área de ciências farmacêuticas e gerar trabalhos científicos a serem apresentados e/ou publicados em jornais, revistas e eventos científicos.

  • Tamires de Morais Elpídio: Discente
  • Gabriele Rayanne da Silva Santana: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Biociências

Líder: Daniella Barreto Santana
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Parasitologia, Imunologia e Microbiologia)



O Grupo de Estudos em Biociências tem como objetivo a realização de pesquisas nas áreas de imunologia, parasitologia, microbiologia, biologia molecular, morfologia, fisiologia, bioquímica, hematologia e patologia. É constituído por pesquisadores, técnicos e estudantes com diferentes formações acadêmicas que contribuem para a elucidação de mecanismos relacionados ao processo saúde-doença. As principais contribuições estão relacionadas ao estudo de mecanismos envolvidos na relação parasito-hospedeiro em doenças infecciosas, analisando as interações existentes entre parasitos causadores de doença e seus hospedeiros, buscando caracterizar vetores resistentes e susceptíveis, bem como fatores do hospedeiro vertebrado que induzam uma resposta protetora ou patogênica.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Caprinocultura Leiteira

Líder: Daniel Ribeiro Menezes
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



O atual grupo de pesquisa está inserido do Semiárido na região do Submédio São Francisco, local onde a caprinocultura leiteira encontra-se em plena ascensão e necessita de apoio tecnológico e científico para a devida consolidação. Desta forma, a interação dos pesquisadores, estudantes e produtores por meio das atividades do grupo torna-se imprescindível para o desenvolovimetno da atividade, que se mostra tão importante para o desenvolvimento socioeconômico da região. Alternativas alimentares, sistemas de produção, sanidade, clínica, dentre outros assuntos serão discutidos e pesquisados pelo grupo em destaque. Outros temas, como processamento do leite, inspeção, e produção de derivados lácteos também inferem interesse em estudos para o incremento da comercialização do leite caprino. A comercialização ainda é o grande desafio da caprinocultura leiteira, estando o resultado da atividade sempre condicionado à aceitação e ao preço dos produtos pelos estabelecimentos comerciais e, particularmente a qualidade dos produtos e ao poder de compra dos consumidores. Pontos importantes a considerar são: a oferta constante do produto de excelente qualidade, o acondicionamento e a apresentação, a freqüência de entrega e o número de clientes, além do "marketing" adequado voltado para o publico em geral ou, se for o caso, uma divulgação técnica específica para profissionais de saúde, particularmente, médicos clínicos, pediatras, alergistas, geriatras, homeopatas, endocrinologistas, oncologistas e enfermeiros, dentre outros. Em resumo a proposta do Grupo de Estudos em Caprinocultura Leiteira (GECAL) é o desenvolvimento da atividade leiteira na região do Submédio São Francisco, por meio de reuniões, discussões, pesquisas científicas e transferências de tecnologias entre o ambiente acadêmico e o meio rural.

  • Marcela Aragão Galdeano : Discente
  • Caren das Almas Trancoso: Discente
  • Éder Magalhães Pessoa: Discente
  • Angelina da Silva Freire: Discente
  • Ivonete Pereira Cunha: Discente
  • André Araujo Moraes : Discente
  • Benedito Ribeiro Rodrigues : Discente
  • Maria Tamires Silva de Sá: Discente
  • José Eurípedes Silva Rocha : Discente
  • Hermeson da Costa Silva: Discente
  • Ana Laura Alencar Miranda: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Dança e Ginástica (gedagin)

Líder: Marcelo de Maio Nascimento
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Envelhecimento Humano)



O GEDAGIN tem como objetivo o estudo das relações entre o corpo e o movimento humano. Suas ações buscam o desenvolvimento de competências e capacidades dos discentes do Colegiado de Educação Física da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) com foco na ginástica funcional, laboral, Pilates, e dança para grupos de idosos e escolares. Suas investigações abrangem ainda a área da corporeidade e o desenvolvimento de metodologias de ensino-aprendizagem do movimento corporal humano. Por meio de convênio firmado com o Instituto de Anatomia e Fisiologia e Gerontologia da Universidade de Esportes de Colônia/Alemanha (die Deutsche Sporthochschule Köln), em 2012, são desenvolvidos projetos bilaterais.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Forragicultura Tropical - Gefort

Líder: João Virgínio Emerenciano Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



A área experimental utilizada pelo grupo será utilizada como unidade demonstrativa em aulas práticas das disciplinas de Forragicultura. Os resultados parciais gerados serão publicados, na forma de resumo expandido, em congressos e reuniões anuais. Os trabalhos completos serão publicado na forma de artigos em revistas científicas indexadas. Serão programados dias de campo para interação com produtores da região e demonstração de resultados e indicações de uso das forrageiras testadas.

  • Marcelle Almeida da Silva: Docente
  • Rodrigo da Silva Santos: Discente
  • Fabio Nunes Lista: Docente
  • Luis Maurício Cavalcante Salviano: Docente
  • Tadeu Vinhas Voltolini: Docente
  • Luciana Dantas Barbosa: Discente
  • Breno Ramon de Souza Bonfim: Discente
  • Gelson dos Santos Difante: Docente
  • Fernanda Melo Pereira Taran: Docente
  • Daniel Judson da Silva Alves: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Psicologia do Esporte e do Exercício (gepeex)

Líder: José Roberto Andrade do Nascimento Junior
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia do Esporte)



Desenvolvimento de pesquisas e participação nos principais eventos científicos nacionais e internacionais da área da Psicologia do Esporte e do Exercício. Desenvolvimento de projetos de pesquisa em cooperação com equipes de base e adultas de competição que representam o município de Petrolina e o estado de Pernambuco em competições Estaduais e Nacionais nas modalidades individuais e coletivas com o intuito de fornecer informações para o avanço científico da área e para a otimização do desempenho e trajetória esportiva dos atletas.

  • Eliakim Cerqueira da Silva: Discente
  • Mauro Moreira dos Santos: Discente
  • Hareta Fernandes da Silva: Discente
  • Josy Rawane da Silva Paulo: Discente
  • Diego Rubinakes Amorim Brito: Discente
  • Roxana Soares Miranda Ferreira: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos em Suínos, Espécies Nativas e Silvestres

Líder: Elenice Andrade Moraes
Vice-líder: karine vieira antunes
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



As pesquisas realizadas pelo grupo permitirá a melhoria dos índices zootécnicos, bem como a qualidade dos produtos e derivados, contribuindo assim para o desenvolvimento e qualidade de vida na região do semiárido nordestino. As pesquisas serão desenvolvidas nas linhas a seguir: a) manejo e criação de peixes; b) avaliação de alimentos para ruminantes, não ruminantes e espécies silvestres; c) determinação das exigências nutricionais de raças nativas; d) manejo de pastagens e forrageiras, nativas e cultivadas na região semiárida; e) avaliação de sistemas de produção de ruminantes, não ruminantes e espécies silvestres; f) avaliação da condição sanitária de espécies nativas e silvestres em cativeiro; g) caracterização, conservação e melhoramento genético das espécies animais de importância econômica; h) avaliação de fitoterápicos, probióticos e alimentos funcionais como alternativas para o tratamento de enfermidades nos animais; i) levantamento da flora apícola da região.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos e Pesquisa em Genética e Exercício (gepegene)

Líder: Ferdinando Oliveira Carvalho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Educação Física)



O grupo de estudos e pesquisa em genética e exercício (GEPEGENE) foi criado em agosto de 2010, tendo como sede a Universidade Federal do Vale do São Francisco na cidade de Petrolina-PE. As principais intervenções do grupo estão relacionados a área da atividade física (Escolar e não escolar), aptidão física em crianças e adolescentes, obesidade na infância e adolescência, doenças crônico-degenerativas na idade pediátrica, modelos de intervenção de exercícios físicos aos jovens escolares e influência genética (ECA, ACTN3 e FTO) nos principais fenótipos (Obesidade, diabetes, hipertensão), sobretudo no sertão nordestino. Além disso, ainda fazem pesquisas relacionadas ao vinho tinto e exercício, bem como, treinamento com pesos e tipos de suplementação.

Atualmente, o grupo conta com 12 pesquisadores doutores de diversas Universidades do Brasil e da UNIVASF, 5 alunos de mestrado, 24 alunos bolsistas (FACEPE, CNPq, CAPES, PROEXT/MEC e UNIVASF) e 7 voluntários. Os encontros acontecem semanalmente (terça-feira) possibilitando aos alunos da graduação do Curso de Educação Física e áreas afins (Fisioterapia, Nutrição, Ciências Biológicas, Farmácia, Medicina, Enfermagem) o aprofundamento dos conhecimentos em relação as suas principais linhas de pesquisas.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicologia do Esporte e do Exercício (gepeex) - Univasf

Líder: José Roberto Andrade do Nascimento Junior
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ciências da Saúde; Educação Física)



Desenvolvimento de pesquisas e participação nos principais eventos científicos nacionais e internacionais da área da Psicologia do Esporte e do Exercício. Desenvolvimento de projetos de pesquisa em cooperação com equipes de base e adultas de competição que representam o município de Petrolina e o estado de Pernambuco em competições Estaduais e Nacionais nas modalidades individuais e coletivas com o intuito de fornecer informações para o avanço científico da área e para a otimização do desempenho e trajetória esportiva dos atletas.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos e Pesquisa Sobre A Produção Social do Espaço - Geppse

Líder: Pedro Ricardo da Cunha Nóbrega
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Geografia)



A fim de criar um ambiente orientado e favorável à pesquisa proponho a criação, registro e condução das atividades de um grupo de pesquisa reconhecido institucionalmente e cadastrado no diretório de grupos de pesquisa do CNPq. O Grupo de Estudos e Pesquisa sobre a Produção Social do Espaço - GEPPSE.
A criação do grupo tem como objetivo fundamental a reunião de professores e alunos pesquisadores do campus Senhor do Bonfim interessados em entender o processo de produção social do espaço a partir da relação sociedade natureza, tendo como universo de referências às estratégias de desenvolvimento regional realizadas em zona semiárida.
A criação deste grupo de estudos e pesquisa teria, inicialmente, o objetivo de reunir os subsídios para fomentar a pesquisa na instituição, mas também o ensino e a extensão.
O grupo prevê como área de impacto a Região Geográfica do Vale do São Francisco, em especial a microrregião do Piemonte Norte do Itapicuru, mas possibilita a troca em níveis diversos.

  • Natália Micheli Tavares do Nascimento Silva Mendes: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos Sobre Educação em Espaços Não Escolares

Líder: Paula Dagnone Malavski
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Educação )



Grupo que busca compreender como o profissional de educação (Licenciados) pode se apropriar das práticas discursivas da educação em espaços não escolares, caracterizando o deslocamento que este realiza entre as comunidades discursivas escolares e não escolares para construir formações discursivas, identidades e conhecimentos profissionais necessários para atuar nesses espaços.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos Sobre O Desenvolvimento Integral Humano - Integrum

Líder: Guilherme de Souza Medeiros
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Humanas (subárea Ciências Humanas e Sociais Aplicadas)



Abrangendo as áreas científicas que vão desde a filosofia, ciências da vida, psicologia e as humanidades, a abordagem integral do ser humano, como proposto por pensadores tais como Ken Wilber e Edgard Morin, entre outros, busca o entendimento das potencialidades humanas, desenvolvidas e expressas nas diversas culturas do planeta ¿ do passado e do presente ¿ com o intuito de construir respostas e soluções para relações humanas mais construtivas, sustentáveis, éticas e duráveis. A inquirição a partir do grande acervo das culturas humanas de todos os tempos, permite à abordagem integral uma liberdade de olhares aliada aos rigores do método próprio ao conhecimento científico. Então, alicerçados nos pressupostos teóricos expressos por um grupo de pensadores oriundos de diversas áreas do conhecimento, sugerimos uma abordagem ampla e integrativa para compreender as relações humanas (sociais, culturais e ambientais) nos diversos campos de atividade do Ser Humano.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Estudos Sobre Plantas Daninhas no Nordeste (danor)

Líder: BRUNO FRANÇA DA TRINDADE LESSA
Vice-líder: Marcos Sales Rodrigues
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia)



O grupo tem como objetivo realizar atividades de pesquisa voltadas à ciência de plantas daninhas no Nordeste do país, com foco na região do Vale do São Francisco. Atua junto a Universidade Federal do Vale do São Francisco auxiliando a trajetória profissional e acadêmica dos alunos do curso de Engenharia Agronômica. As atividades e experiências adquiridas irão contribuir para o desenvolvimento científico e agronômico da região Nordeste, com o intuito de garantir o manejo de plantas daninhas em acordo à realidade local de recursos ambientais e humanos. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa Conceitual, Básica e Aplicada em Análise do Comportamento

Líder: Christian Vichi
Vice-líder: Angelo Augusto Silva Sampaio
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



O Grupo de Pesquisa Conceitual, Básica e Aplicada em Análise do Comportamento tem por objetivo fomentar a pesquisa em Analise do Comportamento no Vale do São Francisco, através da condução de pesquisa em nível de graduação e pós-graduação.

  • Junnia Maria Moreira: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa da Síndrome Metabólica no Sertão de Pernambuco

Líder: Tiago Ferreira da Silva Araújo
Vice-líder: BIANKA SANTANA DOS SANTOS
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Bioquímica)



No Sertão de Pernambuco-PE tem-se observado uma profunda mudança socioeconômica, caracterizada por maior poder de compra através de créditos e programas de distribuição de renda. Associado a isto, observa-se uma transição no perfil nutricional desta população, que também envolve aumento do risco para doenças crônicas degenerativas não transmissíveis (DCDNT). Sabe-se que o fator dietético é o principal responsável pelo aumento da prevalência de síndrome metabólica. Estudos têm sugerido que a síndrome metabólica pode estar associada com a etiologia de outras DCDNTs, contudo existem poucas informações científicas sobre esta relação na população de PE. Assim, baseado nas características de especificidade nutricional local percebe-se a necessidade de execução de projetos que viabilizem informações científicas sobre a relação fisiopatológica entre síndrome metabólica e DCDNTs nesta população com hábitos de estila de vida tão peculiares. A presente proposta pode ser considerada de elevado impacto para a melhoria da qualidade da pesquisa no Colegiado de Ciências Farmacêuticas da Universidade Federal do vale do São Francisco, haja vista que permitirá o desenvolvimento e ampliação da pesquisa técnica científica na referia instituição, de acordo com a política de interiorização do conhecimento científico. A realização desta proposta viabiliza o ensino e o estímulo dos alunos bolsistas a participarem da pesquisa, desde o processo de coleta de dados e de amostras biológicas à realização das análises laboratoriais, assim como na redação de trabalhos científicos para congressos e periódicos especializados na temática.

  • Bianca Gonçalves de Oliveira: Discente
  • Erasmo Militão Nobre Leite: Discente
  • Lucas Remigio Souza: Discente
  • André de Magalhães Dias Maurício: Discente
  • Letícia Santana de Rezende: Discente
  • Cíntia Emi Yanaguibashi Leal: Discente
  • Mariana Caroline Silva Barboza: Discente
  • Hermes Souza Bastos Filho: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa e Estudos em Ginásticas

Líder: Natália Batista Albuquerque Goulart Lemos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Educação Física)



Grupo de Pesquisa e Estudos em Ginasticas tem por foco o desenvolvimento de trabalhos nas seguintes temáticas relacionadas às Ginásticas: iniciação esportiva e alto rendimento, ginástica enquanto cultura corporal do movimento, ginástica e treinamento pelo vies da biomecânica.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa e Inovação em Engenharia Gpie

Líder: Ana Emilia de Melo Queiroz
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Ciência da Computação)



O Grupo foi criado com a finalidade de impulsionar, inicialmente, na UNIVASF pesquisas na área de Inovação em Engenharia. Existe muito trabalho sendo realizado, entretanto, eles estão dispersos em diferentes áreas do conhecimento e, não havia, até então, meios de integrá-los em um trabalho colaborativo. Nesse sentido, propusemos esse grupo e pretendemos direcionar seus resultados para diversas áreas da Engenharia, contudo, pontuamos a inovação como elemento diferenciador nas iniciativas deste grupo.

  • Ellen Bastos da Silva Fiscina: Discente
  • Elayne Rute Lessa Lemos: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Bioclimatologia e Ambiência Animal - Univasf

Líder: David Ramos da Rocha
Vice-líder:
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)




Marcadores moleculares de adaptabilidade em animais mantidos em clima tropical 2 5
Tolerância ao calor e grau de adaptabilidade de ruminantes mantidos em climas quentes

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Biologia e Oncologia Experimental

Líder: Rosemairy Luciane Mendes
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Toxicologia)



O Grupo de Pesquisa em Biologia e Oncologia Experimental busca melhor conhecer a biologia tumoral por meio de modelos experimentais in vitro e in vivo. Estudam-se substâncias purificadas, inseridas em emulsões ou extratos/frações de produtos naturais no desenvolvimento tumoral. Bem como, procura-se  entender a correlação entre o proceso inflamatório e o crescimento tumoral, além de buscar novos candidatos a fitoterápicos que possam minimizar uma das principais características incapacitantes dos tumores, a dor. Um dos principais objetivos do grupo é a formação de pessoal técnico capacitado, com senso crítico, conhecimentos sedimentados, acuidade no desenvolvimento dos protocolos experimentais pautados na ética e rigor científico. Busca-se, adicionalmente, cooperar para o aprimoramento e excelência da pesquisa científica na UNIVASF.

  • Angela Caroline Lima Amorim dos Santos: Discente
  • Yasmym Araújo Silva: Discente
  • Jeeses Ribeiro Oliveira: Discente
  • Draulio Costa da Silva: Docente
  • Marigilson Pontes de Siqueira Moura: Docente
  • Mikaela Vanessa Alencar Melo: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Educação Ambiental Interdisciplinar

Líder: Paulo Roberto Ramos
Vice-líder: CLOVIS MANOEL CARVALHO RAMOS
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Humanas (subárea Educação Ambiental)



Grupo de Pesquisa em Educação Ambiental Interdisciplinar - GPEAI
O GPEAI é um Grupo de Pesquisa cadastrado no CNPq e certificado pela UNIVASF. O grupo é formado por professores/pesquisadores e alunos/pesquisadores de diferentes instituições acadêmicas da Meso Região do Vale do São Francisco, interessados em desenvolver conhecimentos e ações em Educação Ambiental. As atividades têm caráter Interdisciplinar e são direcionadas aos diferentes processos locais, nacionais e mundiais relativos às questões ambientais, a partir das seguintes Linhas de Pesquisa:

Linha 1. Práticas Pedagógicas em Educação Ambiental.

Investiga as ações, composições curriculares, contextualização e percepções da Educação Ambiental, formal e informal, no processo ensino-aprendizagem.

Linha 2. Formação de Professores.

Tem por objetivo central conhecer o perfil de formação escolar dos professores que atuam no magistério; além de investigar e propor processos de capacitação em Educação Ambiental, de forma interdisciplinar, articulada e contextualizada.

Linha 3. Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Procura desenvolver estudos sobre as representações sociais, os processos cooperativos e as diferentes formas de convivência com o Semi-Árido, conservação e preservação, a partir do reconhecimento e problematização das questões ambientais locais.

Linha 4. Arte e Mídia Ambiental.

Consiste em conhecer os impactos, tipos e características das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) usadas na abordagem da problemática ambiental. Busca também investigar novas formas, significações e representações artísticas da questão ambiental, através das artes cênicas, gráficas, esculturais, plásticas e das novas tecnologias midiáticas no desenvolvimento da Educação Ambiental.

Linha 5. Saúde Ambiental.

Visa compreender os diversos problemas locais de saúde ambiental, a partir da articulação com a Educação Ambiental. Estuda problemas como saneamento ambiental, higiene e consumo sustentável, como práticas educativas para melhoria da qualidade de vida.

Linha 6. Políticas Públicas Ambientais.

Tem por objetivo central compreender as ações e projetos dos Poderes Públicos no enfrentamento dos problemas socioambientais, a partir da promoção da Educação Ambiental, formal e informal, a fim de estimular a participação popular e garantir a sustentabilidade das ações executadas.

O Grupo de Pesquisa é formado por professores, estudantes, técnicos e pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento, da Região do Vale do São Francisco. O Grupo desenvolve pesquisa em Educação Ambienal Contextualizada, Práticas Pedagógicas em Educação Ambiental, Formação de Professores, Convivência com o Semi-Árido, Mídia Ambiental, Saúde Ambiental e Políticas Públicas Ambientais. As pesquisas desenvolvidas formam um banco de dados que servem para o direcionamento de ações e atividades extensivas destinadas a minimização dos problemas relativos ao Meio Ambiente. Participação em redes de pesquisa.

  • Aluno de Teste: Discente
  • Marcelo Henrique Pereira dos Santos: Docente
  • Jorge Luis Cavalcanti Ramos: Docente
  • Geida Maria Cavalcanti de Sousa: Docente
  • Neemias da Silva Souza: Discente
  • Matheus Henrique Coutinho Bonfim: Discente
  • César Augusto da Silva: Docente
  • Miriam Cleide Cavalcante de Amorim: Docente
  • Clovis Manoel Carvalho Ramos: Docente
  • Talita da Mota Gonçalves Santos: Discente
  • João Rafael dos Santos Cardoso: Discente
  • Vanessa Sena Diogo: Discente
  • Denise Campos Nunes de Farias: Discente
  • Aline Daiana Pereira Oliveira: Discente
  • Sheldon Igor Marques dos Santos Leite: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Eletrofiação e Aplicações Nanotecnológicas

Líder: EVANDO SANTOS ARAÚJO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Nanotecnologia)



 



Grupo de Pesquisa em Engenharia da Irrigação do Vale do São Francisco (gpvasf)

Líder: Pedro Robinson Fernandes de Medeiros
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Engenharia Agrícola)



O Grupo de Pesquisa em Engenharia da Irrigação do Vale do São Francisco, está vinculado ao Colegiado do Programa de Pós Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal do Vale do São Francisco. Os participantes são pesquisadores ligados ao Programa de Pós Graduação e externos sem vínculo, procurando diversificar as discussões na área de Engenharia de água e solo, sub área Irrigação, em defesas de mestrado e elaboração de artigos científicos. O grupo tem como objetivo contribuir com estudos e pesquisas para "o Vale do Submédio São Francisco que é caracterizado pela forte atividade agrícola, em especial a agricultura irrigada, que vem necessitando diversificar as atividades e desenvolver tecnologias de uso e de conservação adequados dos recursos naturais". Atuar junto as empresas CODEVASF, EMBRAPA Semiárido e privadas que trabalham com irrigação inseridas na Região Integrada de Desenvolvimento Econômico Petrolina/Juazeiro.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Engenharia de Sistemas Agrícolas

Líder: Daniel Mariano Leite
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Engenharia Agrícola)



O Grupo atua nas seguintes áreas:


  • Agricultura de Precisão;
  • Instrumentação, Automação e Controle de Sistemas Agrícolas;
  • Máquinas e Mecanização Agrícola; e
  • Projeto de Máquinas Agrícolas.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Ensaios Pré-clínicos: Estratégias para A Descoberta de Novos Fármacos

Líder: Anekécia Lauro da Silva
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina)



O objetivo de investigação do grupo consiste na busca de novas alternativas terapêuticas para o tratamento de doenças parasitárias (Esquistossomose mansoni, leishmaniose, doença de Chagas e malária), atividade anti-inflamatória e anti-tumoral a fim de eleger compostos líderes.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Genética Animal Aplicada

Líder: João José de Simoni Gouveia
Vice-líder: Gisele Veneroni Gouveia
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



Fortalecimento da produção animal e criação de animais de companhia na região semiárida do Nordeste brasileiro através do desenvolvimento de estratégias de manejo genético dos rebanhos/plantéis. Controle e erradicação de doenças genéticas que acometem animais domésticos. Conhecimento da potencialidade de espécies da fauna silvestre brasileira do ponto de vista de melhoramento animal.      

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Águas no Semiárido

Líder: Adriana Moreno Costa Silva
Vice-líder: GUILHERME ANTONIO FINAZZI
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Química Ambiental)



As atividades do Grupo de pesquisa são centradas no diagnóstico e monitoramento da avaliação das águas superficiais e subterrâneas na região do Vale do São Francisco, principalmente nos municípios de Petrolina/PE e Juazeiro/BA 

  • Celimar Oliveira da Silva: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Neurociências e Psicologia Experimental

Líder: Ivani Brys
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Neurociências)



O grupo de pesquisa está voltado a entender como diferentes circuitos neurais interagem em condições saudáveis e patológicas, como na doença de Parkinson e na esquizofrenia, bem como investiga os efeitos de práticas interventivas, como meditação e treino musical, sobre a atividade neural e cognitiva.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Novos Materiais - Gpem

Líder: ANDRÉA DE VASCONCELOS FERRAZ
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea materiais não metálicos)



Este grupo aspira firmar linhas de pesquisas pré-existentes e mais crucial ainda, promover a criação de ambientes institucionais que propiciem a aproximação das instituições de pesquisa da UNIVASF, em específico o GPEM, com as empresas da nossa região, interados com as necessidades dos arranjos produtivos locais. O GPEM visa capacitar recursos humanos e integrar competências, procurando atender as demandas tecnológicas das industrias locais, com o objetivo de realizar a transposição do conhecimento para as mesmas e desenvolver novos materiais com valor agregado.

  • Tássila Saionara Gomes Galdino: Discente
  • Lucas Barbosa Silva: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Oncologia Experimental

Líder: Rosemairy Luciane Mendes
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Toxicologia)



O Grupo de Pesquisa em Oncologia Experimental busca melhor conhecer a biologia tumoral por meio de modelos experimentais in vitro e in vivo. Estudam-se substâncias purificadas, inseridas em emulsões ou extratos/frações de produtos naturais no desenvolvimento tumoral. Bem como, procura-se  entender a correlação entre o proceso inflamatório e o crescimento tumoral, além de buscar novos candidatos a fitoterápicos que possam minimizar uma das principais características incapacitantes dos tumores, a dor. Um dos principais objetivos do grupo é a formação de pessoal técnico capacitado, com senso crítico, conhecimentos sedimentados, acuidade no desenvolvimento dos protocolos experimentais pautados na ética e rigor científico. Busca-se, adicionalmente, cooperar para o aprimoramento e excelência da pesquisa científica na UNIVASF.

  • Sara Virgínia Gomes Rodrigues: Discente
  • Angela Caroline Lima Amorim dos Santos: Discente
  • Yasmym Araújo Silva: Discente
  • Jeeses Ribeiro Oliveira: Discente
  • Draulio Costa da Silva: Docente
  • Marigilson Pontes de Siqueira Moura: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Plasticidade Neuromotora

Líder: Fernando de Aguiar Lemos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Comportamento Motor)



O Grupo de Pesquisa em Plasticidade Neuromotora (GPPN) tem o foco destinado a adaptações  do sistema nervoso em função do uso, uso reduzido e desuso do corporal. Tem como base as Ciências do Movimento Humano. Tendo em vista as sub áreas do comportamento motor como: a) Desenvolvimento Motor; b) Controle Motor e c) Aprendizagem Motora o GPPN desenvolve projetos com crianças, adultos e idosos sob a perspectiva da Profilaxia e Reabilitação. Tem como ferramenta de avaliação as técnicas em Biomecânicas, Psicológicas, Processamento de Sinais Biológicos e Modelamento Matemático. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Processamento de Sinais

Líder: RODRIGO PEREIRA RAMOS
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Elétrica)



O Grupo de Pesquisa em Intrumentação Eletrônica tem como objetivo o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à utilização de instrumentação eletrônica para a solução de problemas voltados à automatização de processos nas diversas áreas da engenharia.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Práxis Artístico/educativas Multi, Inter e Trans em Artes - Mita

Líder: Flávia Maria de Brito Pedrosa Vasconcelos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Artes)



O Grupo MITA - Pesquisa em práxis artístico/educativas multi, inter e trans em Artes busca desenvolver investigações sobre saberes e fazeres em que teorias e práticas da Arte e da Educação construam possibilidades artístico/educativas. Com base nos estudos de Elliot Eisner, Paulo Freire Jacques Rancière, entre outros, compreendemos a Arte da docência em Arte imbricada na produção criativa e vice-versa. Por isso a necessidade de diálogo crítico/reflexivo desde a formação de artistas e professores de Artes, numa perspectiva contextualizada e emancipadora. Repercussões: projetos e criação de materiais didáticos, participação e organização de eventos científicos locais, regionais e mundiais. Construção de pontes em redes colaborativa de pesquisa desde o semiárido nordestino.

  • Fulvio Torres Flores: Docente
  • Flávia Maria de Brito Pedrosa Vasconcelos: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Psicometria e Psicologia do Esporte

Líder: Marina Pereira Gonçalves
Vice-líder: Carla Fernanda Ferreira Rodrigues
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



 



Grupo de Pesquisa em Psicometria e Psicologia do Esporte

Líder: Marina Pereira Gonçalves
Vice-líder: Carla Fernanda Ferreira Rodrigues
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Humanas (subárea Fundamentos e Medidas da Psicologia e Psicologia do Esporte)



Objetivos. Este grupo de pesquisa pretende compreender comportamentos humanos em contextos esportivos, partindo de investigações a partir de quatro linhas de pesquisa principais: 1) Psicometria aplicada ao contexto esportivo: desenvolver e validar escalas psicométricas que possam ser utilizadas em futuras pesquisas que visem compreender comportamentos relacionados à prática de atividades físicas e de esportes, principalmente escalas psicométricas úteis às demais linhas de pesquisa; 2) Motivação e aderência à prática de atividades físicas: investigar variáveis que possam influenciar na aderência e motivação à prática de atividades físicas regulares, como por exemplo, imagem corporal, autoestima, atratividade física, entre outras; 3) Atividade física e saúde: investigar os efeitos da prática regular de atividades físicas na saúde psicológica das pessoas de diferentes populações, como por exemplo, diminuição de ansiedade, stress e depressão e aumento da qualidade de vida. Finalmente, 4) Valores humanos e moralidade no contexto esportivo: desenvolver pesquisar que busquem compreender o papel dos valores humanos nas práticas socialmente aceitas no esporte, como por exemplo, respeito às regras e ao adversário.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Qualidade das Águas Superficiais e Subterrâneas do Submédio São Francisco

Líder: RITA DE CÁSSIA RODRIGUES DE SOUZA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Química Ambiental)



Contribuir para o monitoramento e qualidade da água superficiais e subterrâneas do Submédio São Francisco, visando o equacionamento de problemas e possíveis soluções à impactos ambientais decorrentes de ações antrópicas. Pretende-se desenvolver novas metodologias analíticas a serem aplicadas "on site" e/ou "in situ" cujos resultados permitirão a melhor compreensão de fenômenos ambientais relacionados a complexação, redução, transporte e labilidade de espécies contaminantes aos sistemas aquáticos.

  • Anita Danielly Cruz Machado: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Química Analítica Ambiental e Aplicada

Líder: Cristiane Xavier Galhardo
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Interdisciplinar)



O Grupo de Pesquisa em Química Analítica Ambiental e Aplicada tem como objetivo realizar pesquisas acadêmicas e de caráter inovador na Área da Química Analítica e Interdisciplinar.


Linhas de pesquisa

1) Automação em Química Analítica

Consiste no desenvolvimento de módulo de análise química empregando multicomutação e amostragem binária. Elaboração de programa de computador para aquisição de dados e registro do sinal analítico. Estudos com sistemas da Análise por Injeção em Fluxo. Estudos de aplicação de sistemas automatizado na determinação de analitos de interesse ambiental e agronômico.

 

2) Monitoramento da água residual da Estação de Tratamento de Esgoto do Campus Ciências Agrárias, UNIVASF

Deteminação de parâmetros ambientais que visam estabelecer critérios sobre a qualidade da água de acordo com a Resolução CONAMA Nº 357 de 17 de março de 2005 e Nº 430 de 13 de maio de 2011. Realização de estudos para a avaliação de formas adequadas para o destino da água residual, tais como seu reuso em irrigação paisagística e agrícola.

 

3) Diagnóstico do potencial de inovação tecnológica em projetos de iniciação científica (PIBIC) e de pós-graduação na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

Estudo diagnóstico do potencial inovador de projetos desenvolvidos na UNIVASF no âmbito da graduação e pós-graduação.

  • Daiane de Jesus Almeida: Discente
  • Monica Cristina Rezende Zuffo Borges: Docente
  • Stefany Emanuella Rodrigues dos Santos: Discente
  • Almir Moreira Gonçalves Júnior: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Química de Interface e Processos Químicos

Líder: LUCIMAR PACHECO GOMES DA ROCHA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea quimica)



O grupo de pesquisa em química de interface e processos químicos atua na síntese e caracterização de novos materiais, em especial, adsorventes que possuem ampla aplicação. Entre os adsorventes estudados a síntese de zeólitas a partir de resíduos industriais vêm sendo investigada em trabalhos desenvolvidos no grupo de pesquisa. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa em Sistemas de Automação e Controle

Líder: Eduard Montgomery Meira Costa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Elétrica)



Grupo de Pesquisa em Sistemas de Automação e Controle tem por objetivo desenvolver pesquisas nas áreas de Automação e Controle, envolvendo suas várias ênfases, como controle de sistemas lineares, controle discreto, controle não linear, sistemas a eventos discretos, entre outras. Entre as pesquisas desenvolvidas pelo grupo, encontram-se para a área de controle: metodologias de otimização, análises matemáticas de projeto de controle e aplicações; enquanto que para a área de automação, desenvolvem-se: metodologias de modelagem para sistemas a eventos discretos, utilizando autômatos e linguagens formais, redes de Petri, lógica temporal, entre outras. O princípio básico das pesquisas desenvolvidas pelo grupo é de fundamentar novas teorias e metodologias de projeto, aplicáveis às necessidades da área, bem como aplicar as estratégias de controle em projetos de outras áreas, utilizando para isso de pesquisas em várias áreas afins.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisas em Eletromagnetismo

Líder: Eduard Montgomery Meira Costa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Eletromagnetismo)



Esse Grupo de Pesquisas tem levado avante várias pesquisas nas áreas de eletromagnetismo e aplicações, tendo vários resultados publicados em periódicos Internacionais. Em suas pesquisas, encontram-se as áreas de aplicações de campos magnéticos, alta energia, capacitâncias parasitas, indutâncias, entre outras.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisas em Sistemas de Automação e Controle

Líder: Eduard Montgomery Meira Costa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Automação e Controle)



Esse Grupo de Pesquisas tem levado avante várias pesquisas nas áreas de controle e automação, tendo vários resultados publicados em periódicos Internacionais. Em suas pesquisas, encontram-se as áreas de redes de Petri, redes Neurais, Controle, Automação, entre outras.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Pesquisa Sobre Análise Estrutural

Líder: Anderson Henrique Barbosa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Civil)



O grupo de pesquisas sobre análise estrutural pretende atuar nos segmentos de análise numérica e matricial de estruturas e estudo sobre análise e dimensionamento de elementos estruturais, com o objetivo de estimular os alunos de graduação a desenvolver uma visão crítica sobre esta grande área da engenharia.

  • Judas Tadeu Gomes de Sousa: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Química Aplicada A Farmácia da Univasf - Gqaf/univasf

Líder: ARLAN DE ASSIS GONSALVES
Vice-líder: CLEÔNIA ROBERTA MELO ARAÚJO
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea QUÍMICA)



O GQAF/UNIVASF foca suas pesquisas na área de Química de forma a contribuir com alguns ramos das Ciências Farmacêuticas. Atualmente, as pesquisas desenvolvidas pelo GQAF visam: 1) o desenvolvimento de novos procedimentos de análise química quantitativa (Coordenação: Prof. Dr. Arlan de Assis Gonsalves e Profa. Dra. Cristiane Xavier Galhardo); 2) a síntese de novas substâncias bioativas (Coordenação: Profa. Dra. Cleônia Roberta Melo Araújo e Prof. Dr. Arlan de Assis Gonsalves); 3) o isolamento, a identificação e a avaliação farmacológica de compostos de origem natural (Coordenação: Profa. Dra. Gabriela Lemos de Azevedo Maia e Prof. Dr. Roberto Jefferson Bezerra do Nascimento); 4) a síntese e modelagem molecular de compostos bioativos (Coordenação: Prof. Dr. Edilson Beserra de Alencar Filho); 5) o controle de qualidade químico de medicamentos (Coordenação: Profa. Dra. Talita Mota Gonçalves); e 6) o desenvolvimento de estratégias de ensino em química (Coordenação: Profa. Me. Maria das Graças Cleophas Porto).

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Química Aplicada à Farmácia da Univasf

Líder: ARLAN DE ASSIS GONSALVES
Vice-líder: CLEÔNIA ROBERTA MELO ARAÚJO
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Química)



O GQAF/UNIVASF foca suas pesquisas na área de Química de forma a contribuir com alguns ramos das Ciências Farmacêuticas. Atualmente, as pesquisas desenvolvidas pelo GQAF visam o desenvolvimento de novos procedimentos de análise química quantitativa ; a síntese de novas substâncias bioativas (Coordenação: Profa. Dra. Cleônia Roberta Melo Araújo);  o isolamento, a identificação e a avaliação farmacológica de compostos de origem natural, a síntese e modelagem molecular de compostos bioativos, o controle de qualidade químico de medicamentos e o desenvolvimento de estratégias de ensino em química.

  • Andrea Vieira Colombo: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Química Aplicada à Farmácia da Univasf - Gqaf/univasf

Líder: ARLAN DE ASSIS GONSALVES
Vice-líder: CLEÔNIA ROBERTA MELO ARAÚJO
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmácia)



O Grupo de Química Aplicada à Farmácia foi criado em 2011 com o intuito de desenvolver pesquisas na área de química com aplicação nas ciências farmacêuticas, com ênfase o desenvolvimento de novas moléculas bioativas, seja de origem sintética, semissintética ou natural.

  • Alessandro Vieira Gomes: Discente
  • Débora Caroline Marques de Souza.: Discente
  • Wesley Randson Alcantara Campos: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Reciclagem de Resíduos Sólidos e Materiais Alternativos

Líder: Anderson Henrique Barbosa
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Civil)



O Grupo de reciclagem de resíduos sólidos e materiais alternativos tem o objetivo de promover estudos sobre a aplicação de resíduos sólidos, especialmente resíduos de construção e demolição, além de materiais alternativos como adição para a produção de materiais de construção civil, com o intuito de mostrar a sociedade local a importância da reciclagem e os benefícios que ela pode trazer, mostrando a viabilidade de aplicação dos mesmos. Além disto, busca-se estudar a aplicação de materiais não convencionais para a produção de compostos cimentícios que possam ser aplicados na cadeia da construção civil.

Nenhum projeto cadastrado

 



Grupo de Sistemas Embarcados e Internet das Coisas

Líder: Jadsonlee da Silva Sá
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia da computação)



Neste grupo, pretende-se projetar e desenvolver soluções computacionais avançadas envolvendo hardware e software embarcado conectados à internet para aplicações com restrições de controle em tempo real nas áreas da robótica, aeroespacial, automotiva, agricultura irrigada, domótica, cidades inteligentes entre outras. A partir deste grupo, será desenvolvido um arcabouço teórico e prático, capaz de motivar a geração de projetos de pesquisas inovadoras aplicadas em empresas/indústrias, publicação de artigos em periódicos e eventos nacionais e internacionais, patentes e registros, abertura de pós-graduações, interações com outras instituições nacionais e internacionais, organizações de eventos e participação no corpo de revisores de periódicos.

  • Rodrigo Pereira Ramos: Docente
  • Gustavo Marques de Souza Santos: Discente
  • Ana Júlia Fernandes de Oliveira Barros: Docente
  • Mario Godoy Neto: Docente
  • Marcelo Santos Linder: Docente
  • Juracy Emanuel Magalhaes da Franca: Docente
  • Mateus Tamarindo Gonzaga: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Gsete - Grupo de Sinais, Energia e Tecnologias Embarcadas

Líder: ISNALDO JOSÉ DE SOUZA COÊLHO
Vice-líder: Adeon Cecilio Pinto
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Elétrica Eletrônica)



O Grupo de Sinais, Energia e Tecnologias Embarcadas - G7 - desenvolve pesquisas nas seguintes linhas temáticas:


 

 

Dispositivos semicondutores e processos internos de injeção e transporte de portadores de carga em LEDs e células fotovoltaicas -

Investigação de hipóteses relativas às correlações existentes entre os modelos eletrônicos, os processos concorrentes de injeção e de transporte de portadores em camadas de materiais e através de interfaces, e as “figuras de mérito” de projeto de dispositivos optoeletrônicos.

Instrumentação eletrônica para caracterização de materiais e dispositivos

Formulação de ensaios para teste de hipóteses e caracterização de materiais e dispositivos (investigação científica e “prova de conceitos” em aplicações tecnológicas).

Sistemas elétricos eficientes para iluminação e geração fotovoltáica

Planejamento e execução de ensaios para avaliação de desempenho e prova de conceitos em aplicações de dispositivos optoeletrônicos em sistemas elétricos e eletrônicos.

Sensoreamento e controle de processos produtivos

Avaliação, apropriação e adequação de tecnologias assessórias em aquisição remota e transmissão de dados (telemetria, telemática) para aplicações em produção e logística.

  • Osvaldo Francisco da Conceição Neto: Discente
  • Adeon Cecilio Pinto: Docente
  • Andréa de Vasconcelos Ferraz: Docente
  • Isaque Rodrigues de Castro: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Herpetologia: Ecologia e Conservação

Líder: Arnaldo José Correia Magalhães Júnior
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zoologia)



Desenvolver atividades de pesquisa com ênfase nos Répteis do bioma Caatinga, discutindo aspectos acerca de sua Ecologia, História Natural e Conservação. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Imaginologia Aplicada A Medicina Veterinária Translacional

Líder: Alexandre Redson Soares da Silva
Vice-líder: ANA AMÉLIA DOMINGUES GOMES
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina Veterinária)



Várias enfermidades têm como resultado final a disfunção orgânica que, eventualmente, cursam com a morte dos pacientes. Com o surgimento do conceito de medicina translacional, ou seja, agilizar a transferência de resultados de pesquisa básica para pesquisas clínicas, a fim de produzir benefícios para a comunidade como um todo, o diagnóstico por imagem surge como importante ferramenta para o estudo de patologia nos seres humanos, tendo como modelo experimental os animais. Estudos recentes têm mostrado que alguns métodos de imagem podem identificar sinais precoces, morfológicos e/ou funcionais, de doenças que podem possibilitar intervenções precoces e mudança da história natural.

Nenhum projeto cadastrado

 



Krisis - Antropologia Crítica

Líder: Adalton Jose Marques
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Humanas (subárea Antropologia)



O objetivo geral consiste em estabelecer um diálogo da UNIVASF e da região do Vale do São Francisco com instituições e pesquisadores de alhures, tanto no contexto nacional como no internacional. Nesse sentido, apesar do KRISIS estar vinculado e situado no Vale do São Francisco, tem-se em vista ultrapassar em termos de problemáticas e experiências o âmbito regional. Trata-se de espreitar o Vale-no-mundo e o próprio mundo

Nenhum projeto cadastrado

 



Krisis - Antropologia Crítica

Líder: Delcides Marques
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Interdisciplinar (subárea Antropologia)



O objetivo geral consiste em estabelecer um diálogo da UNIVASF e da região do Vale do São Francisco com instituições e pesquisadores de alhures, tanto no contexto nacional como no internacional. Nesse sentido, apesar do KRISIS estar vinculado e situado no Vale do São Francisco, tem-se em vista ultrapassar em termos de problemáticas e experiências o âmbito regional. Trata-se de espreitar o Vale-no-mundo e o próprio mundo. Os objetivos específicos do KRISIS são: 1) reunir pesquisadores e estudantes interessados em troca de idéias e experiências de pesquisa; 2) realizar encontros para debate de pesquisas e textos importantes no cenário acadêmico e público, e desenvolvidos no âmbito do KRISIS; 3) desenvolver pesquisas a partir dos quatro eixos temáticos selecionados congregando professores e alunos; e 4) publicar artigos, livros e ensaios em veículos acadêmicos ou não, que propiciem ao público reflexões a respeito das questões abordadas.

  • Icaro Cardoso Maia: Docente
  • Adalton Jose Marques: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Avaliação e Medidas Psicológicas do Vale do São Francisco (lamp-vale)

Líder: Carla Fernanda Ferreira Rodrigues
Vice-líder: Marina Pereira Gonçalves
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



O LAMP-Vale iniciou suas atividades no ano de 2016 e está situado no campus sede da Universidade Federal do Vale do São Francisco em Petrolina-PE. Tem como objetivo desenvolver atividades de ensino e pesquisa na área de Avaliação Psicológica com foco nas habilidades cognitivas e socioemocionais. Assim, o LAMP-Vale tem a missão de contribuir com o desenvolvimento da área no Brasil e, especialmente, desenvolver estudos levando em consideração as particularidades da população da região do Vale do São Francisco.

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Carreiras e Desenvolvimento de Competências (lcdc)

Líder: Alvany Maria dos Santos Santiago
Vice-líder: Shirley Macêdo Vieira de Melo
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Administração)



 Este grupo iniciou as atividades em março de 2012 e conta com uma equipe multidisciplinar de professores e com parcerias com organizações e universidades também no exterior, principalmente as que integram a Rede da Associação Internacional para a Pesquisa sobre a Paz (International Peace Research Association). Atualmente desenvolve a pesquisa sobre Etica e Responsabilidade Corporativa: um estudo comparativo entres as empresas brasileiras e inglesas em parceria com a University of Birminhgam - UK. Uma das metas é envolver as organizações em ações voltadas para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, através dos programas de Responsabilidade Social. Tem publicado e apresentado papers em congressos internacionais como o International Peace Research Global Conference (Japão, Turquia, Serra Leoa, e Cidade do México), e na Conferencia Europeia de Estudantes e Pesquisadores Brasileiros, Utrech, Holanda, entre outros.

  • Paula Caroline Melo de Lima: Discente
  • Wansley Bismark Saraiva dos Santos: Discente
  • Cinthia Sayuri de Morais Hirata Bedor: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Desenvolvimento-aprendizagem e Processos Psicossociais (ldapp)

Líder: Leonardo Rodrigues Sampaio
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



O Laboratório de Desenvolvimento-Aprendizagem e Processos Psicossociais (LDAPP) desenvolve diversos estudos na área de Desenvolvimento Humano e suas interfaces com a Educação, Saúde e Neurociências. Suas linhas de pesquisa focam as investigações no campo do desenvolvimento sóciomoral e afetivo, linguagem e representações mentais.

  • Lucivanda Cavalcante Borges de Sousa: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Estatística Aplicada e Estudos Demográficos - Leaed

Líder: Paulo José Pereira
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Probabilidade e Estatística)



O  LEAED busca desenvolver pesquisas relacionadas à Estatística Aplicada e também na área de Demografia, envolvendo as principais questões demográficas atuais, como direitos das crianças e adolescente, migração, desenvimento urbano e regional, entre outros.

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Estudos Culturais e Pedagógicos da Educação Física (lecpef)

Líder: Diego Luz Moura
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Humanas (subárea Educação Física)



O laboratório de Estudos Culturais e pedagógicos da Educação Física é um grupo que atua com projetos de pesquisas e de exrensao relacionados com o ensino da educação física e formação docente.

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Estudos Culturais e Pedagógicos da Educação Física - Lecpef - Univasf

Líder: Diego Luz Moura
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Interdisciplinar (subárea Ciências da Saúde; Educação Física)



O LECPEF tem realizado aproximações com as redes de Educação Municipais, Estaduais, Federais e Privadas da região do semi árido Nordestino. Atualmente o LECPEF é paceiro das formações continuadas dos professores destas redes.


Tem como principais linhas de pesquisa, Análise das boas práticas no ensino da Educação Física e construção de material pedagógico, Análise dos efeitos dos diferentes métodos de ensino em Educação Física e Mulheres, empoderamento e práticas corporais. 

Tem como pesquisadores os professores: Prof. Dr. Alvaro Rego Millen Neto, Prof. Dr. Bruno Otávio de Lacerda Abrahão, Prof. Dr. Diego Luz Moura, Prof. Dr. Francis Natally de Almeida Anacleto e Prof. Dr. Marcelo Moreira Antunes.

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Estudos Transdisciplinares em Saúde e Educação / Letrans

Líder: Barbara Eleonora Bezerra Cabral
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



O LETRANS busca sua expressão estética, e porque não dizer, suas metáforas, em imagens como o cata-vento, a colcha de retalhos, roda gigante, tintas coloridas... Essas imagens traduzem um pouco dos nossos anseios, preocupações, interesses e preocupações. Queremos um pensar-sentir-fazer que seja afirmador das singularidades, mas sem nos restringir às partes. Queremos valorizar o contexto e sua complexidade. O cata-vento colorido, tomado como metáfora de nossas produções, ao passo que traz em cada aba uma cor, em movimento, pode gerar novas configurações. A mistura de cores, ao sabor do vento, é fruto de cada uma das cores, mas, ao mesmo tempo, inaugura novas qualidades, novos sentidos. E do invisível (o vento), brotam coisas visíveis. Eis uma outra possibilidade de se aproximar da metáfora do cata-vento, que também nos inspira: destrinçar fios que atravessam cada fenômeno tomado para compreensão. Afinal, o LETRANS surge como alternativa no mundo acadêmico para uma produção do conhecimento que valorize as dimensões estéticas, virtuais e atualizadoras do ser. Trata-se de grupo de pesquisa e de estudos sobre a prática (pela prática), que reflete e canaliza suas produções a partir das interfaces saúde/educação, e outras que se revelem pertinentes, a partir da valorização da transdisciplinaridade, terreno de interesse investigativo para os/as seus/suas pesquisadores/as.


Alguns destaques das repercussões do trabalho:

- Realização de debates em pesquisa

- Produção de conhecimento (artigos e livros) a partir de pesquisas interventivas (PIBIC, Trabalhos de Conclusão de Graduação, Residências em Saúde, Mestrados)

- Projetos interventivos conjuntos, tanto de pesquisa como de extensão (a exemplo da oferta de Plantão Psicológico e grupos de cuidado a estudantes universitários)

- Apoio na organização de eventos, a exemplo do Fórum de Mobilização Antimanicomial/Mostra de Atenção Psicossocial (que segue para suas 8ª e 5ª edições em 2018), Encontro Saúde Gestão e Trabalho (evento bianual que já vai para sua 4ª versão), Encontro Artes e Psicologia, Simpósio Nacional de Práticas Clínicas em Instituição.

- Participação expressiva em Eventos Regionais, Nacionais e Internacionais, através de avaliação de trabalhos, publicações de resumos estendidos e simples,  palestras, mesas redondas, comunicações orais e banners (específico para estudantes de graduação).

- Oficinas

- Diagnósticos Institucionais

- Assessoria a setores da Universidade e de outras instituições públicas no que tange à saúde do trabalhador

  • Marcelo Silva de Souza Ribeiro: Docente
  • Shirley Macêdo Vieira de Melo: Docente
  • Erika Hofling Epiphanio: Docente
  • Aline Ara Santos Carvalho: Discente
  • Ericka Marta Alves de Oliveira Dias: Docente
  • Thâmara Agnes da Silva Santos : Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Exercício Clínico - Labec

Líder: Mariana Ferreira de Souza
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Educação Física)



O grupo LABEC busca promover o aprofundamento no estudo do exercício físico como intervenção preventiva e como coadjuvante terapêutico na melhoria de diferentes condições clínicas. O grupo de pesquisa já tem atraído profissionais de nutrição, fisioterapia e educação física de Petrolina e região, os quais buscam além do aprofundamento do estudo nas respectivas linhas de pesquisa (treinamento de força, envelhecimento e atividade física e saúde), orientações e vivências acadêmicas para se inserirem em programas de pós-graduação visando o mestrado acadêmico. Além disso, o grupo tem iniciado projetos de pesquisa e extensão que atendem especificamente idosos e pacientes com hanseníase, o que tem gerado apoio da comunidade externa para a continuidade dessas ações.

  • Lucas Gabriel Magalhães Gonçalves: Discente
  • José Roberto Andrade do Nascimento Junior: Docente
  • Igor Rafael Andrade Campos: Discente
  • Yuwan Takeo Hasegawa: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Pesquisas em Sistemas Agroindustriais - Lapesa

Líder: José Luiz Moreira de Carvalho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2007
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia de Produção)



O Laboratório de Pesquisas em Sistemas Agroindustriais (LAPESA) é vinculado ao Colegiado de Engenharia de Produção (CPROD) da UNIVASF. Seus membros vem promovendo estudos e pesquisas sobre os Sistemas Agroindustriais, especialmente os relacionados à Competitividade, à Gestão da Qualidade, à Organização do Trabalho e à Logística. Seus trabalhos enfocam as cadeias agroindustriais do Vale do São Francisco e regiões próximas, como as da fruticultura e da piscicultura.

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Preservação Patrimonial

Líder: Leandro Elias Canaan Mageste
Vice-líder: Marcus Vinicius Santana Lima
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Humanas (subárea Arqueologia )



O presente grupo de pesquisa tem como objetivo fundamental promover a consolidação de atividades de pesquisa, ensino e extensão no contexto do semiárido nordestino. Em termos práticos, pretende-se angariar pesquisadores e estudantes comprometidos em discutir as questões que envolvem o quadro patrimonial e arqueológico do Nordeste Brasileiro, sob abordagens teórico-metodológicas diversas, em consonância com a transdisciplinaridade. No tocante a repercussão, espera-se sistematizar e ampliar o conjunto de dados disponíveis para a região; estabelecer relações colaborativas com as comunidades locais; realizar experimentações de natureza museológica e patrimonial; fomentar a produção científica por meio da elaboração de artigos, monografias, dissertações de mestrado, teses de doutoramento, entre outros.

Nenhum projeto cadastrado

 



Laboratório de Psicologia Social - Lapso

Líder: DANIEL HENRIQUE PEREIRA ESPINDULA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



 



Laboratório de Supercondutividade e Magnetismo

Líder: Wagner de Assis Cangussu Passos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2004
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Física)



Estudos multidisciplinares envolvendo preparação, caracterização de materiais supercondutores. Supercondutividade em materiais granulares e filmes finos. Magnetismo em Materiais Avançados

Nenhum projeto cadastrado

 



Lampda

Líder: Natacha Simei Leal
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Humanas (subárea Antropologia)



Este grupo de pesquisa, vinculado ao Colegiado de Antropologia da Universidade Federal do Vale do São Francisco, campus Serra da Capivara (São Raimundo Nonato-PI), conta com pesquisadores de todas as subáreas da Antropologia. Interessados na consolidação de um centro de pesquisas antropológicas, o LaMPDa, mediante estudos de caso e pesquisas comparativas, anseia inserir-se em redes de pesquisa mais amplas a partir da experiência singular no semiárido piauense.

  • Joaquim Izidro do Nascimento Junior: Docente
  • Bernardo Curvelano Freire: Docente
  • Rainer Miranda Brito: Docente
  • Henrique Junio Felipe: Docente
  • Camila Galan de Paula: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Lapess - Laboratório de Pesquisas em Engenharia de Software do Sertão

Líder: Ricardo Argenton Ramos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Interdisciplinar)



O LaPESS é um grupo de pesquisa criado no sertão nordestino, na região do semi-árido. O LaPESS desenvolve pesquisas com os alunos do curso de Engenharia da Computação da UNIVASF, localizado no Campi de Juazeiro - BA e também com os alunos de mestrado e pesquisadores Interdisciplinares do curso de Mestrado Ciências da Saúde e Biológicas. O LaPESS tem os seguintes objetivos: (1) criar um ambiente de pesquisa que propicie aos seus integrantes reflexões e discussões sobre temas relacionados à área de Engenharia de Software e Interdisciplinares. (2) capacitar estudantes de graduação e pós-graduação nas boas práticas da Engenharia de Software. (3) divulgar as pesquisas do grupo através de artigos, palestras e seminários tanto para a comunidade da UNIVASF como também Externa;

Nenhum projeto cadastrado

 



Leccorpo - Laboratório de Estudos da Cultura Corporal

Líder: Roberta de Sousa Mélo
Vice-líder: Luciana Duccini
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Humanas (subárea Sociologia)



As questões do grupo se dirigem aos usos e compreensões do corpo na cultura contemporânea, tendo como intuito  estimular novas reflexões e debates em torno das práticas corporais, a partir de recortes diversos: sexo, identidade sócio-sexual, raça, religião, geração, dentre outros, entendendo que essas variáveis demarcam interferências distintas da sociedade sobre o corpo e suas expressões.  Busca-se motivar posicionamentos críticos das condições oferecidas aos sujeitos e seus corpos no cotidiano, bem como dos mecanismos pelos quais elas são legitimadas. 

  • Luciana Duccini: Docente
  • Roberta de Sousa Mélo: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Levantamentos Florísticos e Fitossociológicos Nas Caatingas da Depressão Sertaneja

Líder: DANIEL SALGADO PIFANO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Botânica)



O presente grupo realiza levantamentos florístico-estruturais em áreas de Caatinga na depressão sertaneja meridional e setentrional, priorizando áreas relevantes em termos de conservação. Já foram inventariadas Caatingas hiperxerófilas em Petrolina, PE e Jandaíra e João Câmara no RN. O planejamento para o ano de 2015 inclui um esforço amostral na região noroeste da BA incluindo a Serra de Santana em Senhor do Bonfim e o Boqueirão-da-onça em Sento-Sé/Umburanas. Estas duas últimas localidades correspondem ao um continuum de vegetação superior a 80000 ha, denotando grande potencial de exploração científica. As divulgações serão via artigos científicos (preferencialmente aqueles com fator de impacto e qualis acima de B3) e/ou livros publicados ao fim de cada levantamento em campo. Com o avanço das campanhas em campo o banco de dados enriquece contendo informações da flora fanerogâmica da referida região, podendo resultar, num futuro próximo, numa nova abordagem fitogeográfica da Caatinga.

Nenhum projeto cadastrado

 



Magnetização e Correntes Persistentes em Anéis Quânticos Distorcidos para Geometrias Não-euclidianas e na Presença de Defeitos Topológicos

Líder: Aníbal Livramento da Silva Netto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Física da Matéria Condensada)



O aprimoramento das técnicas de crescimento de heteroestruturas permite a obtenção de nanoestruturas com geometrias variadas. Acrescente-se a isso o fato de que nesse processo geralmente aparecem defeitos no sistema. Tais defeitos podem surgir intencionalmente (por exemplo, se queremos uma nanoestrutura cônica) ou por limitação do processo. Assim, o papel desempenhado pela geometria e pelos defeitos é de fundamental importância na descrição de sistemas quânticos. O estudo de sistemas mesoscópicos e, mais especificamente, dos anéis e fios quânticos pode ser visto tanto como um laboratório para visualizar fenômenos interessantes, como os efeitos Hall e Aharonov-Bohm ou as correntes persistentes, por exemplo. O referencial teórico que adotamos é bastante versátil e permite a descrição não apenas de anéis quânticos, mas também de outros sistemas mesoscópicos, como os pontos quânticos e os antidots, por exemplo. Acrescente-se o fato de que os parâmetros que permeiam o modelo teórico adotado são facilmente comparáveis com resultados experimentais na literatura, descrevendo heteroestruturas semicondutoras. O projeto de pesquisa em questão foi um dos contemplados com o auxílio financeiro por meio do Edital Universal 14/2010 do CNPq.

  • João Paulo Brandão Dantas: Discente
  • Gustavo Lenin Souza Santos Pacheco: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Manejo Integrados de Pragas em Hortaliças na Região do Vale do São Francisco

Líder: Rita de Cassia Rodrigues Gonçalves Gervásio
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Entomologia)



Orientação aos agriultores para que os mesmos saibam reconhecer insetos fitófagos, diferenciando-os daqueles que são benéficos para a cultura. _ Difusão, entre os produtores, de Técnicas alternativas ao controle químico para o manejo dos principais insetos fitófagos. - Orientação quanto ao uso correto dos inseticidas sintéticos, visando a eliminação de resíduos nos alimentos e evitando desequilíbrios biológicos. -Produção de hortaliças de qualidade para enriquecimento da dieta alimentar dos produtores e disponibilização de produtos adequados para a comercialização.

Nenhum projeto cadastrado

 



Mecanização Agrícola e Planejamento do Uso da Terra

Líder: nelci olszevski
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Solos)



O grupo é formado por professores da Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF e da Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD. Além destes, possui ainda a participação de alunos da graduação. As atividades de pesquisa estão relacionadas ao uso planejado da terra, desde a caracterização de seus atributos até o trabalho final com as máquinas agrícolas. Assim, de maneira geral, dentro deste estudo contemplam-se as áreas de: Máquinas Agrícolas, Agricultura de Precisão, Solos, Topografia, Segurança no Trabalho, Ergonomia, Biocombustíveis, Controle das Emissões, dentre outras. Dentre as inovações tecnológicas estão relacionadas o uso de equipamentos, softwares, hardwares e sensores para o planejamento da produção agrícola, de modo a manter a sustentabilidade.

Nenhum projeto cadastrado

 



Micro-organismos e Biotecnologia Aplicados à Agropecuária no Semiárido

Líder: Adriana Mayumi Yano-Melo
Vice-líder: Mateus Matiuzzi da Costa
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Biodiversidade e genética)



As atividades do grupo tem sido focadas em três linhas básicas: caracterização (morfológica e molecular), atividade biológica e biotecnologia de micro-organismos e plantas de interesse agropecuário no semiárido. Os principais grupos de micro-organismos de interesse estudados são: fungos micorrízicos arbusculares, fungos solubilizadores de fósforo e bactérias diazotróficas.As pesquisas são voltadas para a caracterização, isolamento e os efeitos da inoculação desses micro-organismos em plantas para diversos usos (frutíferas, forrageiras e espécies nativas do bioma caatinga), assim como a caracterização dos micro-organismos causadores de doenças em animais, modo de prevenção e o uso de tratamentos alternativos para seu controle. Plantas e micro-organismos têm sido caracterizados citogenética e molecularmente, através de técnicas de PCR, sequenciamento, DGGE, FISH e bioinformática.

Nenhum projeto cadastrado

 



Modelagem Numérica de Dados Geoespaciais

Líder: RENÊ JOTA ARRUDA DE MACÊDO
Vice-líder: Sergio Floquet Sales
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Geociências)



As linguagens computacionais Python e R vem se destacando no meio-acadêmico científico por ter sintaxes simples, serem orientada a objetos, gratuitas e possuírem uma vasta rede colaborativa de bibliotecas de modelagem numérica e análise de dados. Essas características permitem que qualquer usuário iniciante em programação execute tarefas poderosas na análise de dados geoespaciais, pois os mesmos apresentam-se como objetos por possuírem propriedades e projeção num sistema de coordenadas que podem ser processados num ambiente de desenvolvimento. Assim, este projeto tem por objetivo utilizar as linguagens Python e R na análise de dados geoespaciais extraídos de imagens de sensores SRTM e Landsat da região da Serra da Capivara.

  • Leandro Surya Carvalho de Oliveira Silva: Docente
  • Janaina Carla dos Santos: Docente
  • Sergio Floquet Sales: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Morfologia, Taxonomia, Sistemática e Biogeografia de Plantas

Líder: Jefferson Guedes de Carvalho Sobrinho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Taxonomia vegetal)



A pesquisa aborda apectos da sistemática e evolução de Malvaceae cujas espécies são frequentemente os elementos mais conspícuos e abundantes em florestas tropicais. Dentre os principais objetivos estão: Estabelecer uma filogenia abrangente e bem resolvida em nível de gênero e de espécies; Analisar as relações filogenéticas e a evolução de caracteres; Diagnosticar as possíveis sinapomorfias morfológicas e moleculares; Discutir a taxonomia do grupo com base em hipóteses de filogenias taxonomicamente abrangentes; incrementar as coleções de herbários; Estabelecer e testar hipóteses de evolução relacionadas aos processos envolvidos na diversificação da família; Detectar áreas prioritárias para a conservação das espécies de Malvaceae na região Neotropical; Gerar informações sobre a história evolutiva que possam ser utilizadas na definição de estratégias de Conservação. A pesquisa abrange a coleta de dados em campo em áreas selecionadas na região Neotropical, análise de coleções de herbário, geração de novas sequências de DNA, reconstruções filogenéticas e análises biogeográficas. Os resultados finais da pesquisa estão sendo publicados em artigos científicos em revistas de grande circulação, nas áreas sistemática, biogeografia e evolução.

Nenhum projeto cadastrado

 



Napsis - Núcleo de Avaliação Psicológica em Saúde

Líder: Estefanea élida da silva gusmão
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



 



Narrativas e Visualidades

Líder: Fulvio Torres Flores
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Literatura)



O grupo investiga as diversas narrativas literárias e (áudio)visuais a partir da interlocução entre essas formas artísticas. Procura-se estudar o cada vez mais frequente recurso da referencialidade (ou adaptação) presente nos meios visuais que se apoiam nas narrativas literárias para suas composições. O GP tem criado uma uma rede de conhecimento com os seguintes desdobramentos: a) pesquisa: publicação do livro "Narrativas, Visualidades, Intertextualidades" (CRV, 2015) e de artigos em revistas especializadas; b) extensão: a oferta de cursos a distância e presenciais, assim como uma exposição sobre videoarte intitulada Os Rios, exibida em 2014; c) ensino: a oferta de disciplinas como Narrativas e Visualidades, Da literatura às telas, Roteiro cinematográfico, além da criação  de linha de pesquisa em Narrativas e Visualidades para os TCCs de Artes Visuais da UNIVASF, com três trabalhos já realizados. A revista Dramaturgia em Foco integra os trabalhos do GP a partir de 2017.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Ecologia e Conservação da Caatinga

Líder: Airton de Deus Cysneiros Cavalcanti
Vice-líder: Felipe Silva Ferreira
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia)



O grupo de pesquisa tem como objetivo principal realizar estudos de: levantamento e monitoramento de espécies que ocorrem no domínio da caatinga; dados ecológicos de populações e comunidades naturais; análise genética de espécies, populações e comunidades; interações entre humanos e a biodiversidade; prospecção de compostos biologicamente ativos. De posse destes dados estabelecer ações de conservação, preservação e/ou manejo adequado dos recursos naturais da caatinga, estabelecendo base teórica e prática para ações de conservação e sustentabilidade da paisagem.

  • Ernani Machado de Freitas Lins Neto: Docente
  • Priscyla Maria Silva Rodrigues: Docente
  • Jhonathan de Oliveira Silva: Docente
  • Claudine Gonçalves de Oliveira: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental

Líder: Renato Garcia Rodrigues
Vice-líder: DANIEL SALGADO PIFANO
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia)



As pesquisas do NEMA estão concentradas no monitoramento dos impactos ambientais das obras da Transposição do Rio São Francisco em sua área de influência, assim como no desenvolvimento de métodos de mitigação. Dessa forma são monitoradas as  alterações na cobertura vegetal numa área de 8 milhões de hectares sob influencia das obras, além da avaliação das possíveis mudanças em parâmetros populacionais e de composição de espécies mediante o avanço das obras, o enchimento de reservatórios e a disponibilidade de água. Também são desenvolvidos projetos para elaboração e execução de modelos para recuperação das áreas degradadas ocasionadas pela obra de Transposição.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Epidemiologia e Saúde

Líder: Gloria Maria Pinto Coelho
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea EPIDEMIOLOGIA)



 



Núcleo de Epidemiologia e Saúde (nes)

Líder: Rosane Silvia Davoglio
Vice-líder: Gloria Maria Pinto Coelho
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Saúde coletiva)



Trata-se de um grupo multidisciplinar envolvido em estudos sobre qualidade de vida e saúde dos profissionais da saúde e saúde de populações. A temática central é o diagnóstico populacional, incluindo os determinantes socioeconômicos, culturais e biológicos dos agravos crônicos não transmissíveis. Estudos sobre nutrição e saúde de crianças em diferentes cenários são desenvolvidos, visando fornecer subsidíos à realização de ações de prevenção de doenças e promoção da saúde. Além desses, o grupo desenvolve estudos de validação de métodos e instrumentos de coleta de dados para estudos populacionais de grupos etários específicos.

  • Jordy Daniel de Lima Nunes: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudo em Produtos de Origem Animal do Semiárido (nepoa)

Líder: Francesca Silva Dias Nobre
Vice-líder:
Ano de Criação: 2011
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina Veterinária)



O grupo realiza análises microbiológicas e físico-químicas em produtos de origem animal do Semiárido, com ênfase em lácteos de origem caprina. A partir dos resultados obtidos, o grupo orienta produtores a fim de estabelecer estratégias mais eficazes para obtenção de um produto de melhor qualidade e maior ascensão no mercado e sem risco a saúde do consumidor. Atualmente o grupo vem selecionando Bactérias Ácido Láticas (BAL) autóctones do leite e queijo caprino com propriedades tecnológicas e funcionais para agregar valor nos derivados lácteos. Também diversificando estes derivados com a inserção de frutos da caatinga.


 

Página: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9338943896247902

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos Aplicados em Ciências Patológicas (neacip)

Líder: Pedro Pereira Tenório
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina)



São objetivos gerais do NEACiP:


 

  1. Contribuir para a elevada qualidade científica e tecnológica nas áreas das Ciências Biológicas e da Saúde;
  2. Manter a estratificação como Núcleo aprovado, atualizado e certificado, segundo o CNPq.

São objetivos específicos do NEACiP:

  1. Planejar as atividades de pesquisa do Núcleo;
  2. Auxiliar na articulação da relação ensino, pesquisa e extensão dentro da estrutura curricular dos cursos das áreas de Ciências Biológicas e de Saúde da Univasf;
  3.  Fomentar parcerias locais, nacionais e internacionais com outros Grupos de Pesquisa, Institutos de Pesquisa, além de Colegiados Acadêmicos e Programas de Pós-Graduação da Univasf e de outras IES;
  4. Estimular atividades de Pós-Graduação lato sensu e stricto sensu nas áreas das Ciências Biológicas e da Saúde;
  5. Estimular a publicação de resultados de pesquisa em eventos nacionais e internacionais diversos das áreas das Ciências Biológicas e da Saúde;
  6. Sistematizar as linhas de pesquisa do Núcleo;
  7. Contribuir para a qualidade científica e tecnológica de todos os projetos cadastrados pelo Núcleo.

  • Matheus Rodrigues Lopes: Docente
  • Luana Resende Cangussu: Discente
  • Eduardo Antonio Sartori Alho: Discente
  • Tiago José da Silva: Discente
  • Lorrany Junia Lopes de Lima: Discente
  • Bruna Pessoa Nóbrega: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos Aplicados em Genética (neagen)

Líder: Isaac Farias Cansanção
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Genética)



O NÚCLEO DE ESTUDOS APLICADOS EM GENÉTICA (NEAGEN) tem o propósito de desenvolver pesquisas e de reunir pesquisadores que atuam nas áreas de genética comunitária, de biologia molecular, da biotecnologia e da medicina, com o intuito de buscar novos conhecimentos na genética humana. Este grupo abordará trabalhos de importância econômica, ambiental e social para regiões de interesse do Semi-Árido, com ênfase na investigação de polimorfismos vinculados a doenças genética, viróticas e/ou bacteriológicas. Tem como objetivo ainda absorver informações sobre a caracterização morfológica, bem como bases genéticas e moleculares, envolvendo estudos sócio-ambientais sobre a região e quem a habita de forma permanente ou transitória. O Núcleo mantém parceria com outras instituições de pesquisa e ensino, além da interação com pesquisadores de outros países.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos em Agroecologia Sertão Agroecológico

Líder: Helder Ribeiro Freitas
Vice-líder: Rita de Cassia Rodrigues Gonçalves Gervásio
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agroecologia)



O grupo tem desenvolvido trabalhos no campo da Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável de cunho disciplinar, interdisciplinar e transdiciplinar nos Territórios do Sertão Pernambucano e Baiano. Os trabalhos de pesquisa-ação e de experimentação tem possibilitado a interação de pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento interagir e trocar conhecimentos junto a comunidades, organizações e demais instituições de ensino, pesquisa e extensão que atuam nos referidos territórios e comunidades, bem como com outros agentes de pesquisa e desenvolvimento no campo da agroecologia, produção orgânica e desenvolvimento sustentável de outras regiões no âmbito nacional e internacionais.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos em Amamentação e Mulher - Neam

Líder: MONICA CECILIA PIMENTEL DE MELO
Vice-líder: Ramon José Leal de Morais
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Enfermagem)



O grupo se propõe a realização de estudos e pesquisas em enfermagem com foco na área de Amamentação e Saúde da Mulher. Dentre as atividades estabelecidades encontram-se: Apoio a escrita cientifica, discussões temáticas, rodas de conversas, produções científicas, organização de eventos entre outros. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos em Amamentação e Mulher - Neam

Líder: MONICA CECILIA PIMENTEL DE MELO
Vice-líder: Ramon José Leal de Morais
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea ENFERMAGEM)



 



Núcleo de Estudos em Farmácia Social -nefarms

Líder: DEUZILANE MUNIZ NUNES
Vice-líder:
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Transgênero)



Atua em Estudos de Farmacoterapia e farmacoepidemiologia em Doencas infectocontagiosas de longa duração, a exemplo da hanseníase. Atualmente inciou a linha de pesquisa sobre a Farmacoterapia de indivíduos Transgênero.

  • Isabel Dielle Souza Lima Pio: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos em Farmácia Social (nefarms)

Líder: DEUZILANE MUNIZ NUNES
Vice-líder:
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmácia)



O NEFarmS tem como compromisso fundamental desenvolver projetos e atividades relacionadas à prática farmacêutica em seu contexto técnico, social e humanitário. Sua proposta de trabalho é a integralização de ações voltadas para pesquisa, extensão e ensino, abordando a assistência farmacêutica, estudos de utilização de medicamentos e tecnologias e informações em saúde.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva - Nesco

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Saúde Coletiva)



O NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA - NESCO tem por objetivos: Incentivar a produção acadêmica de docentes, técnicos e discentes na área da Saúde direcionadas para os aspectos fundamentais de uma prática integrada com a comunidade, o usuário, a gestão e a assistência com enfoque em Saúde Coletiva; Integrar estudo, pesquisa e extensão com a aplicação de conhecimentos integrados na área da saúde coletiva; Desenvolver pesquisas que contribuam para o cotidiano coletivo, na busca da promoção à saúde; Promover a divulgação do conhecimento por meio de atividades científicas: cursos, eventos e publicações, elaborados pelo Grupo; Fomentar o conhecimento no meio acadêmico, visando um aprimoramento reflexivo da saúde coletiva.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos em Zoonoses do Vale do São Francisco (nezoon)

Líder: Mauricio Claudio Horta
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina Veterinária Preventiva)



 



Núcleo de Estudos e Pesquisa em Fenomenologia e Esporte

Líder: ERIKA HOFLING EPIPHANIO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Humanas (subárea Psicologia)



O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Fenomenologia e Esporte, tem por objetivo o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa, divulgação acadêmica, bem como a preparação da comunidade acadêmica para a participação em projetos de extensão na duas principais ênfases: " A educação na perspectiva da Psicologia Humanista: repensando a prática da educação no contexto escolar e esportivo" e "O corpo na visão da fenomenologia: discussão sobre corporeidade e Psicologia do Esporte". Como ações do grupo inicialmente será realizados encontros semanais para aprofundamento teórico, conjuntamente o grupo está desenvolvendo um blog para divulgação de textos acadêmicos, bem como ações desenvolvidas pelo grupo. Serão produzidas pesquisas nas duas enfases citadas e ainda temos como objetivo o desenvolvimento de projetos de extensão que atendam situações escolares da região do Vale do São Francisco, assim como ações em projetos que envolvam a prática esportiva.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos e Pesquisas de Plantas Medicinais (neplame)

Líder: Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida
Vice-líder:
Ano de Criação: 2007
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Plantas medicinais e fitoquímica)



O Nucleo de Estudos e Pesquisas de Plantas Medicinais (NEPLAME) do Colegiado de Ciências Farmacêuticas tem o objetivo de dar suporte científico ao uso de plantas medicinais na região do Vale do São Francisco. As atividades do Núcleo são coordenadas por professores do Colegiado de Ciências Farmacêuticas e da Pós-Graduação em Recursos Naturais do Semiárido. Além dos pesquisadores, há a participação de estudantes de graduação e pós-graduação, contribuindo para uma maior aproximação entre a teoria e a prática, entre a academia e a comunidade. Os pesquisadores desenvolvem projetos de pesquisas nas areas de fitoterapia, química e farmacologia de produtos naturais, apoiados pelos diversos orgãos de formento à pesquisa no país. 


 

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação e Poéticas Visuais

Líder: Janedalva Pontes Gondim
Vice-líder: EDSON RODRIGUES MACALINI
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Artes Visuais)



O grupo visa promover a investigação científica, o debate acadêmico, a elaboração de propostas formativas; inicial de continuada, a professores de Artes Visuais e mediadores culturais na interface com as poéticas visuais e a prática educativa. Aações do grupo se destinam a desenvolver pesquisas, seminários, publicações em periódicos especializados e minicursos que contribuam com os processos formativos em Artes Visuais na região a partir des pareceria com instituições públicas e/ou privadas.

  • Quelle Cristina de Souza Nunes: Discente
  • Renato Rubens da Silva Barbosa: Discente
  • Acquila Freire Silva Queiroz: Discente
  • Anna Paula do Nascimento Vidal: Discente
  • Iracema dos Santos Siqueira: Discente
  • Wechila Andrade de Brito: Docente
  • Rosane Karla Aguiar de Castro: Discente
  • Ludmila Pimentel Gonçalves da Silva : Discente
  • Bárbara Reis Martins: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos Sobre O Vale do São Francisco e Seus Atores

Líder: ELSON DE ASSIS RABELO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Interdisciplinar (subárea História; Artes Visuais)



O Grupo de Pesquisa abrange investigações sobre práticas e discursos de desenvolvimento, sobre as práticas culturais agentes sociais, nos recortes espaciais do Nordeste, do semiárido brasileiro e do Vale do São Francisco, em particular, abordando suas articulações com o nacional e o global, suas mediações institucionais e mercadológicas, suas memórias, transformações e reinvenções. Dentre essas práticas, destacam-se a produção artística em diferentes suportes e linguagens, as festas populares, as práticas religiosas, as místicas camponesas, as religiões de matriz afrodescendente e indígena, dentre outras. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Estudos Étnico-raciais / Neser - Srn

Líder: José Jaime Freitas Macedo
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Humanas (subárea Antropologia/Sociologia/História/Arqueologiaa)



Desenvolver atividades de pesquisa e extensão e, também atividades de ensino relacinadas à área étnico-racial.

  • José Reinaldo Oliveira Paes Filho: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Extensão em Estudos Latino-americanos (neela)

Líder: Marcelo Henrique Pereira dos Santos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Interdisciplinar (subárea Ciências Sociais)



Núcleo em Construção


 

Dentro do Núcleo de Extensão em Estudos latino-americanos, na Linha de Extensão e Pesquisa ´Culturas e Etnicidades´, pretendemos desenvolver ações de extensão e pesquisas que dialoguem com as reflexões em torno dos processos sociais, culturais, históricos, políticos, artísticos, ambientais, etc., da América Latina. Sendo o Vale do São Francisco parte integrante da diversidade latinoamericana, pensando a região do semiárido brasileiro na sua importância, em todos os aspectos acima mencionados. 

 

 

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Pesquisa Educação em Ciências

Líder: GISELE SOARES LEMOS SHAW
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Humanas (subárea Educação/Ensino)



O NPEC contribui com investigações, reflexões, discussões e debates acerca dos processos de ensino, aprendizagem e formação de professores em Ciências propiciando o desenvolvimento de ações e produções que contribuam com as pesquisas da área de educação em ciências.

  • Letícia Maria de Oliveira: Docente
  • Leonésia Leandro: Docente
  • Maria Cilene Freire de Menezes: Docente
  • Anderson Camatari Vilas Boas: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Pesquisa e Estudos Sobre Os Sistemas de Produção Integrada para O Agronegócio de Pequeno Porte

Líder: René Geraldo Cordeiro Silva Junior
Vice-líder: Valdner Daízio Ramos Clementino
Ano de Criação: 2017
Área: Interdisciplinar (subárea Planejamento, Projeto e Controle de Sistemas de Produção)



O Sistema de Produção Integrada é focado na adequação dos processos produtivos para a obtenção de produtos vegetais e de origem animal de qualidade, mediante a aplicação de boas práticas agrícolas, favorecendo o uso de recursos naturais e a substituição de insumos poluentes, garantindo a sustentabilidade e a rastreabilidade da produção  agrícola na etapa primária da cadeia produtiva.


Repercussões:

 a) melhoria da gestão e planejamento da propriedade, gerando aumento na sustentabilidade ambiental, melhoria de condições de trabalho e racionalização de custos;

b) integração de equipes, produtores, multiplicadores e agentes dos setores público e privado, para construção do pensamento e dos programas;

c) organização da base produtiva por meio do estímulo ao associativismo e ao cooperativismo;

d) formação de recursos humanos (produtores rurais, responsáveis técnicos, auditores e técnicos de campo), gerando equipes e valorizando a extensão rural;

e) identificação da necessidade de pesquisa e de adaptação da pesquisa disponível;

f) criação de acervo bibliográfico importante, proporcionando a aproximação da pesquisa com o setor produtivo e os consumidores.

  • Max Santana Rolemberg Farias: Docente
  • Silvia Helena Nogueira Turco: Docente
  • Acácio Figueiredo Neto: Docente
  • Adeon Cecilio Pinto: Docente
  • Eva Monica Sarmento da Silva: Docente
  • Seldon Almeida de Souza: Docente
  • José Alves de Siqueira Filho: Docente
  • Luana Barbosa Freire de Figueiredo: Discente
  • Uesdra Lucas Fonsêca dos Santos: Discente
  • Deranor Gomes de Oliveira: Docente
  • David Wesley do Espírito Santo Teles: Discente
  • Arquinor Conceição Rodrigues: Discente
  • Maria Vitória Pereira Santos: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Pesquisa e Estudos Socioeconômicos do Semiárido - Nupes

Líder: Liliane Caraciolo Ferreira
Vice-líder: Valdner Daízio Ramos Clementino
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Administração)



O NUPES-PETROLINA vem se reunindo para atender uma demanda local recorrente, a construção de um banco de dados sobre a economua local para empreendedores públicos e privados. O grupo de pesquisa tem, ainda, como objetivo o estudo das relações entre empresas, mercados, instituições e processos, sob a ótica da economia industrial e nova economia industrial, para a análise da competitividade dos complexos agroindustriais. A abordagem parte da visão sistêmica de cadeias agroindustriais e se articula em torno dos eixos principais: gestão das organizações agropecuárias e agroindustriais; análise de estratégias empresariais; modelagem de sistemas dinâmicos; comercialização agrícola

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Pesquisa em Anatomia Animal

Líder: MARCELO DOMINGUES DE FARIA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2007
Área: Interdisciplinar (subárea Interdisciplinar)



Inicialmente, o grupo de pesquisa detinha-se apenas ao estudo anatômicoe morfológico animal. No entanto, com o advento do Programa de Pós-Graduação Ciências da Saúde e Biológicas, outros projetos passaram a integrar o grupo, atuando, também, em saúde humana e animal.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Pesquisa em Anatomia Animal

Líder: MARCELO DOMINGUES DE FARIA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2007
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Morfologia)



O grupo possui 3 linhas e pesquisa:


- Saúde, Sociedade e Ambiente;

- Museu Itinerante de Anatomia Animal;

- Zoometria e Zooscopia - a biometria como ferramenta da descrição animal.

  • João Alves do Nascimento Júnior: Docente
  • Mauricio Claudio Horta: Docente
  • Lívia Oliveira e Silva: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleo de Pesquisa em Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia da Informação no Semiárido

Líder: Valdner Daízio Ramos Clementino
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Administração)



O grupo de pesquisa tem por objeto o estudo e levantamento dos efeitos das ações empreendedoras e de inovação, por parte das empresas, instituições de pesquisa e demais organizações, visando compreender seus contributos para o desenvolvimento da região do semiárido.

Nenhum projeto cadastrado

 



Núcleos de Estudos em Engenharia de Biossistemas na Produção Agrícola

Líder: José Aliçandro Bezerra da Silva
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia, Engenharia Agrícola)



a região do Submédio do Vale do São Francisco a irrigação fez surgir regiões com elevado potencial para a produção de frutas o ano inteiro, principalmente manga e uva, que são vendidas para o Sudeste e Sul do Brasil e também exportadas para diversos países. Com boa produção chegando a 570 mil toneladas de uva e 350 mil toneladas de manga no ano de 2007. O Pólo de Fruticultura e Vitivinicultura do Vale do São Francisco é responsável por cerca de 240 mil empregos diretos, incluindo as regiões que circundam os municípios de Juazeiro, na Bahia e Petrolina, em Pernambuco. A região do submédio do vale do São Francisco abrange as áreas dos estados da Bahia e Pernambuco, estendendo-se de Remanso até a cidade de Paulo Afonso (BA), e incluindo as sub-bacias dos rios Pajeú, Tourão e Vargem, além da sub-bacia do rio Moxotó, último afluente da margem esquerda. Considerando todo o contexto a criação do grupo de pesquisa buscará mecanismos que resultem em maior nível tecnológico da produção de frutas, a partir de pesquisas priorizando a pesperctiva a excelência de qualidade que se oferta os produtos e sub-protutos para o mercado interno e externo. O Núcleo de Estudos em Engenharia de Biossistemas Integrados a Produção Agrícola abordará a formação de profissionais dos cursos de graduação nas áreas agrárias e engenharias e os cursos de pós-graduação em Engenharia Agrícola, exercitando o envolvimento de professores e estudantes com as questões locais e regionais. Neste sentido o grupo deverá ser capaz de realização de estudos e pesquisas voltadas paro estudo na áreas de sistemas de irrigação; manejo de irrigação; quimigação; relação solo-água-planta-atmosfera; relação máquina-solo-planta; desempenho de máquinas agrícolas; automação e controle em nível de unidades parcelares e de bacia hidrográfica; modelagem matemática e computacional aplicada a processos agrícolas; uso, conservação e manejo de solo e água.

Nenhum projeto cadastrado

 



Nella - Núcleo de Estudos Latino-americanos

Líder: Marcelo Henrique Pereira dos Santos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Humanas (subárea Ciências Sociais)



O NELLA tem como objetivo realizar estudos na área de ciências sociais sobre a América Latina estabelecendo conexão e comparações entre os problemas encontrados na região do Vale do São Francisco e nos diversos países latino americanos.


 

O NELLA pretende interagir com os órgãos de pesquisa da América Latina e participar dos eventos e revistas acadêmicos espalhados pelo Continente através da realização de pesquisa que procurem relacionar os problemas vivenciados em particular no Vale do São Francisco com aqueles presentes na América Latina.

  • Simone Piletti Viscarra: Docente
  • Delcides Marques: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Nemicg - Núcleo de Estudos em Medicina Interna de Cães e Gatos

Líder: ANA AMÉLIA DOMINGUES GOMES
Vice-líder: Alexandre Redson Soares da Silva
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Medicina Veterinãria)



O Núcleo de Estudos em Medicina Interna de Cães e Gatos (NEMICG), da Universidade Federal do Vale do São Francisco conta com a participação de Docentes, Estudantes de Graduação, Pós graduandos e Médicos veterinários do HVU - UNIVASF e profissionais reconhecidos, que visam aprimorar os conhecimentos e realizar estudos das principais afecções clínicas que acomentem os cães e gatos. Ademais, abrange a prevenção de zoonoses e o bem estar animal conciliado com a posse responsável.

  • Alexandre Redson Soares da Silva: Docente
  • Maisa Lorena Nogueira Leite Cabral: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Nepst- Núcleo de Estudos das Paisagens Semiáridas Tropicais.

Líder: SIRIUS OLIVEIRA SOUZA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Humanas (subárea Geografia)



O objetivo dos trabalhos vinculados a este grupo de pesquisa referem-se a investigação e análise dos processos ambientais que regem a organização das paisagens semiáridas tropicais, considerando principalmente os aspectos climatológicos, biogeográficos e geomorfológicos na interface com as diferentes formas de uso e ocupação destes ambientes.

  • Felipe de Souza Reis: Discente
  • Fernanda Cardoso Goncalves da Silva: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Nesco

Líder: MARGARET OLINDA DE SOUZA CARVALHO E LIRA
Vice-líder: MICHELLE CHRISTINI ARAÚJO VIEIRA
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea DOENÇAS INFECTOCONTAGIOSAS)



 



Novas Possibilidades do Audiovisual na Era Digital -

Líder: wayner tristao goncalves
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea audiovisual)



X encontro estadual da ANPUH - mostra de videos Aldeia do Sao Francisco - mostra de videos V Encontro Nacional das licenciaturas - artigo IV Seminário Nacional do PIBID- artigo IV Simpósio Baiano das Licenciaturas- artigo IV Seminário Estadual PIBID-IAT- artigo 2º ANIMACINE, 2015, Recife - Prêmio melhor video juri popular e prêmio mostra formaçao. XII Cinefest Gato Preto XI Encontro Nacional de cinema e vídeo dos Sertoes II Asia International (Wenzhou) Film Exhibition XIV Tirana Film Festival XI Belize International Film Festival VIII Festival del Cortometraggio CORTO CORRENTE XIV International Short & Independent Film Festival XIX Marano Ragazzi film festival IX Amarcort Film Festival XVIII Festival del Cortometraggio "Scrittura e Immagine" VII Muestra de Cortos Ernesto Esteban Etchenique IV Le Plein de Super V International Changing Perspectives Short Film Festival X International Festival of Short Films on Culture & Tourism 5º FECIBA, 2015 - Salvador 20º MUMIA, 2015, Belo Horizonte

Nenhum projeto cadastrado

 



Novas Tecnologias para O Ensino de Matemática - Ntechmath

Líder: EVANDO SANTOS ARAÚJO
Vice-líder:
Ano de Criação: 2018
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Matemática)



 



Nudip - Núcleo de Pesquisa de Doenças Infecto Parasitárias

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Imunologia/ Parasitologia)



O grupo “Núcleo de Pesquisa em Doenças Infectoparasitárias - NUDIP” (UNIVASF) desenvolve atividades de pesquisa que objetivam estudar os mecanismos celulares e moleculares envolvidos na resposta do hospedeiro frente às doenças infectoparasitárias na região do seminárido nordestino. Para isto, foram criadas parcerias com outros grupos de pesquisa com o objetivo de ampliar o conhecimento científico nas áreas de Parasitologia, Microbiologia, Imunologia e Saúde Coletiva. O grupo conta com a infraestrutura do Laboratório de Parasitologia da UNEB, Laboratórios de Cultura de Células do Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (LIKA) – UFPE e Laboratório de Imunoparasitologia do Centro de Pesquisas do Ageu Magalhães, FIOCRUZ/PE.

Nenhum projeto cadastrado

 



Nupes

Líder: Liliane Caraciolo Ferreira
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Economia e Administração)



O NUPESP-PETROLINA vem se reunindo para atender uma demanda local recorrente, a construção de um banco de dados para empreendedores públicos e privados.

  • Marcelo Silva de Souza Ribeiro: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Observatório de Estudos e Pesquisa em Educação, Trabalho e Cultura

Líder: Patricia Avello Nicola Pereira
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Humanas (subárea Ciências Sociais)



Observatório de Estudos em Educação, Trabalho e Cultura - ETC. 


O grupo atua na área de ciências humanas, desenvolvendo pesquisa focando as relações de trabalho, raciais, desenvolvimento

  • Acácio Figueiredo Neto: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Observatório de Políticas Públicas

Líder: Paulo Roberto Ramos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2010
Área: Ciências Humanas (subárea Ciência Política)



Pesquisas na área de:


Políticas Públicas;

Políticas Públicas para a Agricultura Familiar;

Administração Pública.

 

  • Marcelo Henrique Pereira dos Santos: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Observatório - Núcleo Multidisciplinar Observatório do Agronegócio

Líder: nildo ferreira cassundé junior
Vice-líder: Fernanda Roda de Souza Araújo Cassundé
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Sociais aplicadas, língua, letras e artes (subárea Planejamento Urbano e Regional )



O Observatório vem desenvolvendo diversas pesquisas e ações junto à comunidade local. A última ação foi a publicação de uma edição extra da REVISTA RAMA - REVISTA EM AGRONEGÓCIO E MEIO AMBIENTE, sobre o tema AGRONEGÓCIO NO VALE DO SÃO FRANCISCO (http://periodicos.unicesumar.edu.br/index.php/rama/issue/view/170)

Nenhum projeto cadastrado

 



Paleontologia e Evolução de Vertebrados Mesozóicos

Líder: MARCO AURELIO GALLO DE FRANÇA
Vice-líder:
Ano de Criação: 2014
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zoologia)



O Grupo pretende abordar temas da sistemática, evolução e descrição de fósseis mesozóicos de vertebrados, principalmente das bacias sedimentares do nordeste brasileiro, mas não limitadas a estas.


Possui como linhas de pesquisas: Evolução dos arcossauriformes do Triássico brasileiro; Evolução, Sistemática Filogenética e Biogeografia Histórica de Vertebrados; Prospecção e Coletas de Fósseis nas bacias interiores do Nordeste.

Nenhum projeto cadastrado

 



Pedagogia de Educação Física e Esporte - Ufrrj

Líder: Francis Natally de Almeida Anacleto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2000
Área: Interdisciplinar (subárea Ciências da Saúde; Educação Física)



O grupo está empenhado na análise do processo ensino-aprendizagem sob uma perspectiva pluriparadigmática. Nesta linha, as investigações conjugam abordagens qualitativas e quantitativas na análise do processo educativo sob as perspectivas sociológica, psicológica (comportamental e cognitiva) e ecológica, abrangendo a análise da formação e prática pedagógica de professores e alunos no âmbito da educação física escolar e contextos de ensino e aprendizagem de atividades físicas, esportivas e de lazer. Tem como perspectiva básica o estudo do ensino e da aprendizagem quer em contextos reduzidos(ETU's), quer em contextos reais de ensino e seu cotidiano. Por um lado está focada na dimensão comportamental ao estudar o processo de planejamento, gestão e avaliação do ensino no intuito de identificar indicadores determinantes da eficácia pedagógica, sendo esta considerada com base nos indicadores de desempenho acadêmico dos alunos. Por outro lado ocupa-se em estudar as cognições docentes e discente.


Tem como principais linhas de pesquisa: Análise do Processo Ensino-Aprendizagem; Educação Física e Análise Psico-Sócio-Cultural; Educação Física e Esporte na Educação Básica: planejamento, intervenção pedagógica e avaliação; Formação e Desenvolvimento Profissional em Educação Física e Processos Mediadores de Ensino e Aprendizagem.

 

Nenhum projeto cadastrado

 



Pesquisa e Desenvolvimento para Inovação, Qualidade e Sustentabilidade

Líder: LEONARDO MILANEZ DE LIMA LEANDRO
Vice-líder: Nelson Cárdenas Olivier
Ano de Criação: 2018
Área: Interdisciplinar (subárea Desenvolvimento Socioambiental)



O objetivo mais imediato do grupo é pesquisar novas possibilidades de aplicação dos produtos oriundos da tecnologia social Encauchados de Vegetais da Amazônia (TS/EVA) para o desenvolvimento de produtos e processos inovadores e sustentáveis, com vistas a potencializar a renda de comunidades tradicionais beneficiária dos projetos de reaplicação da referida tecnologia. 


Até então, pouco conhecimento científico foi produzido a respeito da TS/EVA. O estado atual do conhecimento do material produzido pelo resgate e adaptação de uma técnica de vulcanização desenvolvida milenarmente pelos indígenas da Amazônia não contempla suas características físicas e químicas. Ao buscar preencher essa lacuna de conhecimento, auferindo a qualidade e o atendimento de requisitos de normalização, espera-se ampliar as possibilidades de internalização de renda pelas comunidades beneficiárias do projeto.

Com as investigações, espera-se, ainda, desenvolver um conceito de artefato orgânico, uma vez que para a produção dos artefatos de borracha pré-vulcanizada não são utilizados elementos que agridem a natureza ou a saúde dos trabalhadores e consumidores e é necessário manter a floresta em pé.

  • Tamyles Alencar Pereira Costa: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Plantas Ornamentais no Vale do São Francisco

Líder: Márkilla Zunete Beckmann Cavalcante
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia)



Grupo formado com o objetivo na produção de flores e plantas ornamentais no Vale do São Francisco. A região com tradição no cultivo de frutíferas também apresenta potencial para investir neste setor que se caracteriza numa importante atividade agrícola, de cunho empresarial, geradora de renda e emprego numa reduzida área. Embora seja uma área de exploração intensiva, necessita-se investir em pesquisas que utilizem conceitos e técnicas que permitem uma produção com uso eficiente dos recursos naturais, em especial á água e, que seja sustentável. O grupo atua em duas linhas de pesquisa: 1) Recursos Genéticos Vegetais: Prospectar, caracterizar, domesticar e promover o uso de recursos genéticos de plantas nativas do Bioma Caatinga com potencial ornamental. Promover também o uso da vegetação nativa em projetos de paisagismo em espaços públicos (abertos e/ou fechados) e contribuir efetivamente em melhorias no conforto ambiental. 2) Propagação, sistemas de produção e ecofisiologia de flores e plantas ornamentais: Estudar e aperfeiçoar as técnicas de propagação sexuada e assexuada das plantas que forem prospectadas bem como das plantas tradicionalmente cultivadas em outros ambiente e que porventura haja interesse em introduzi-las na região de estudo; avaliar os tipos de sistemas de produção mais apropriados para estas plantas na região do semiárido. O desempenho da produção será avaliado com técnicas e metodologias que levem em consideração os aspectos fisiológicos das plantas. 


Além do conhecimento a ser adquirido (seja teórico e prático), pretende-se divulgar as atividades do grupo para a sociedade, seja acadêmica ou comunidade de uma forma geral.  Pretende-se também formar e treinar recursos humanos para que durante o processo produtivo, possam tomar as decisões mais adequadas, pensando sempre no homem e meio ambiente. Demonstrar os benefícios que as flores e plantas ornamentais, de qualquer porte, podem trazer para o ser humano, seja social, econômico e ambiental. Divulgar a ciência realizada com estas plantas na região do semiárido brasileiro. 

  • Cristiane Dacanal: Docente
  • Mayara Suzunne de Melo Barbosa: Discente
  • Cândida Maria Anjos da Silva: Discente
  • Isadora Torres dos Santos Maximiano: Discente
  • José Aliçandro Bezerra da Silva: Docente
  • Vespasiano Borges de Paiva Neto: Docente
  • Edy Stefanno Rodrigues da Silva: Discente
  • Amanda Maria Ribeiro Soares: Discente
  • Ycaro Yuri Gonçalves do Nascimento: Discente
  • Erica Antonia Matos de Oliveira: Discente
  • Lucas Gomes de Lima: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Produção Animal do Semiárido

Líder: Elenice Andrade Moraes
Vice-líder: Eva Monica Sarmento da Silva
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



As pesquisas realizadas pelo grupo permitirá a melhoria dos índices zootécnicos regionais, bem como a qualidade dos produtos e derivados, contribuindo assim para o desenvolvimento e qualidade de vida na região do semi-árido nordestino. As pesquisas serão desenvolvidas nas linhas a seguir: a) manejo e criação de peixes; b) avaliação de alimentos para ruminantes, em especial os provindos da região; c) determinação das exigências nutricionais de raças nativas; d) manejo de pastagens e forrageiras, nativas e cultivadas, na região semi-árida; e) caracterização de microrganismos associados a rizosfera de forragens e prováveis benefícios; f) avaliação de sistemas de produção de pequenos ruminantes; g) avaliação da condição sanitária de caprinos e ovinos; h) caracterização, conservação e melhoramento genético das espécies animais de importância para a região; i) avaliação de adaptação bioclimática de espécies animais exploradas no semi-árido; j) avaliação térmica das instalações para animais; k) diagnóstico e controle de doenças infecto-contagiosas dos animais; l) diagnóstico bioquímico de enfermidades nos animais domésticos; m) avaliação de fitoterápicos, probióticos e alimentos funcionais como alternativas para o tratamento de enfermidades nos animais; n) levantamento da flora apícola da região semi-árida; o) ciência e tecnologia dos produtos de origem animal

Nenhum projeto cadastrado

 



Produção Animal no Semiárido

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea zootecnia)



As pesquisas realizadas pelo grupo permitirá a melhoria dos índices zootécnicos regionais, bem como a qualidade dos produtos e derivados, contribuindo assim para o desenvolvimento e qualidade de vida na região do semi­árido nordestino. As pesquisas serão desenvolvidas nas linhas a seguir: a) manejo e criação de peixes? b) avaliação de alimentos para ruminantes, em especial os provindos da região? c) determinação das exigências nutricionais de raças nativas? d) manejo de pastagens e forrageiras, nativas e cultivadas, na região semi­árida? e) caracterização de microrganismos associados a rizosfera de forragens e prováveis benefícios? f) avaliação de sistemas de produção de pequenos ruminantes? g) avaliação da condição sanitária de caprinos e ovinos? h) caracterização, conservação e melhoramento genético das espécies animais de importância para a região? i) avaliação de adaptação bioclimática de espécies animais exploradas no semi­árido? j) avaliação térmica das instalações para animais? k) diagnóstico e controle de doenças infecto­contagiosas dos animais? l) diagnóstico bioquímico de enfermidades nos animais domésticos? m) avaliação de fitoterápicos, probióticos e alimentos funcionais como alternativas para o tratamento de enfermidades nos animais? n) levantamento da flora apícola da região semi­ árida? o) ciência e tecnologia dos produtos de origem animal.


Lider do grupo: Elenice Andrade Moraes

Nenhum projeto cadastrado

 



Produção Animal no Semiárido

Líder: Elenice Andrade Moraes
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Zootecnia)



As pesquisas realizadas pelo grupo permitirá a melhoria dos índices zootécnicos regionais, bem como a qualidade dos produtos e derivados, contribuindo assim para o desenvolvimento e qualidade de vida na região do semi-árido nordestino.
As pesquisas serão desenvolvidas nas linhas a seguir:
a) manejo e criação de peixes; b) avaliação de alimentos para ruminantes, em especial os provindos da região; c) determinação das exigências nutricionais de raças nativas; d) manejo de pastagens e forrageiras, nativas e cultivadas, na região semi-árida; e) caracterização de microrganismos associados a rizosfera de forragens e prováveis benefícios; f) avaliação de sistemas de produção de pequenos ruminantes; g) avaliação da condição sanitária de caprinos e ovinos; h) caracterização, conservação e melhoramento genético das espécies animais de importância para a região; i) avaliação de adaptação bioclimática de espécies animais exploradas no semi-árido; j) avaliação térmica das instalações para animais; k) diagnóstico e controle de doenças infecto-contagiosas dos animais; l) diagnóstico bioquímico de enfermidades nos animais domésticos; m) avaliação de fitoterápicos, probióticos e alimentos funcionais como alternativas para o tratamento de enfermidades nos animais; n) levantamento da flora apícola da região semi-árida; o) ciência e tecnologia dos produtos de origem animal .

  • Débora Cristine de Oliveira Carvalho: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Produtos Naturais do Semiárido Nordestino

Líder: Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida
Vice-líder:
Ano de Criação: 2006
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmácia)



O Grupo de Pesquisa "Produtos Naturais do Semiárido Nordestino" é formado por pesquisadores e estudantes da UNIVASF, bem como de outras instituições no Nordeste. O objetivo do grupo é analisar a composição química e verificar a atividade farmacológica de plantas medicinais do semiárido em modelos experimentais de analgesia, inflamação, músculo liso de órgãos isolados, sistema nervoso central, atividade antitumoral e diabetes, bem como avaliar a atividade antibacteriana, antioxidante, citotóxica e fotoprotetora in vitro. A estrutura dos constituintes químicos das plantas é determinada através de métodos como RMN 1D e 2D, IV e UV. Metodologias analíticas usando HPLC-DAD, GC-MS e LC-MS também são usadas para a identificação dos constituintes químicos das plantas medicinais. Pretende-se dar suporte científico ao uso de plantas medicinais na região bem como contribuir para a descoberta de novos fármacos e medicamentos fitoterápicos a partir da biodiversidade local.

  • Edigenia Cavalcante da Cruz Araujo: Docente
  • Gabriela Lemos de Azevedo Maia: Docente
  • Ana Paula de Oliveira: Docente
  • Xirley Pereira Nunes: Docente
  • Celuane Alves Moura: Discente
  • Mariane Conrado Moreira Santos: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Produtos Naturais do Semiárido Nordestino

Líder: Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida
Vice-líder:
Ano de Criação: 2006
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Farmacia)



O Grupo de Pesquisa "Produtos Naturais do Semiárido Nordestino" é formado por pesquisadores e estudantes da UNIVASF, bem como de outras instituições no Nordeste. O objetivo do grupo é analisar a composição química e verificar a atividade farmacológica de plantas medicinais do semiárido em modelos experimentais de analgesia, inflamação, músculo liso de órgãos isolados, sistema nervoso central, atividade antitumoral e diabetes, bem como avaliar a atividade antibacteriana, antioxidante, citotóxica e fotoprotetora in vitro. A estrutura dos constituintes químicos das plantas é determinada através de métodos como RMN 1D e 2D, IV e UV. Metodologias analíticas usando HPLC-DAD, GC-MS e LC-MS também são usadas para a identificação dos constituintes químicos das plantas medicinais. Pretende-se dar suporte científico ao uso de plantas medicinais na região bem como contribuir para a descoberta de novos fármacos e medicamentos fitoterápicos a partir da biodiversidade local.

Nenhum projeto cadastrado

 



Propriedade Intelectual e Inovação em Processos, Produtos e Serviços

Líder: Vivianni Marques Leite dos Santos
Vice-líder:
Ano de Criação: 2009
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia de Produção)



A equipe integrante deste grupo desenvolve atividades complementares ou conjuntas nas áreas de processos de produção, otimização, simulação computacional, produção e formulação de biocombustíeis e biolubrificantes, tecnologias limpas, otimização por técnicas quimiométricas, redes neurais artificiais e modelagem molecular. Estas atividades tem repercussões em diversos setores considerando a formação de recursos humanos, pesquisa e desenvolvimento, ensino e extensão. Através do desenvolvimento dos estudos, os alunos de graduação passam a ter conhecimento de ferramentas que não são abordadas no projeto pedagógico e grade curricular do curso, de modo que aumentam o conhecimento e desenvolvem habilidades de pesquisa, de trabalho em equipe e de apresentação de trabalhos. Além dos trabalhos de iniciação científica também estão em andamento dissertação de mestrado e tese de doutorado. Os resultados estão gerando publicações, patentes, novas pespectivas de trabalho para iniciação científica, mestrado e doutorado e diversas parcerias com empresas. As atividades do grupo tem recebido apoio através de projetos financiados pelas principais agências de fomento, particularmente do fundo setorial do Setor de Petróleo e Gás Natural (CTPETRO) na UFPE, da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) e editais internos da UNIVASF.

  • Isnaldo José de Souza Coêlho: Docente
  • Cristiane Xavier Galhardo: Docente
  • Ana Emilia de Melo Queiroz: Docente
  • Jose Edilson dos Santos Junior: Docente
  • Lucas dos Santos Cruz: Discente
  • Eladio Cesar Pinto: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Proteínas e Polissacarídeos da Fauna e Flora da Caatinga

Líder: Draulio Costa da Silva
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Bioquímica)



O grupo de pesquisa Proteínas e Polissacarídeos da Fauna e Flora da Caatinga tem por objetivo o desenvolvimento de ações de pesquisa que envolvam a prospecção de biomoléculas obtidas de espécies animais e vegetais do bioma Caatinga. Busca-se a obtenção, caracterização e uso farmacológico de proteínas animais e vegetais e de polissacarídeos vegetais para avaliação de seu potencial biotecnológico com uso de diferentes modelos e ensaios biológicos que incluem avaliação de ação antinociceptiva, antiinflamatória, antitumoral e antibacteriana.

  • Eden Silva e Souza: Discente
  • Vinícius Manoel Silva Feitosa: Discente
  • Iago Ferreira Lima de Menezes: Discente
  • Matheus Eufrazio do Nascimento: Discente

Nenhum projeto cadastrado

 



Reconecta - Restauração Ecológica, Conservação e Conectividade

Líder: Maria Otávia Silva Crepaldi
Vice-líder:
Ano de Criação: 2016
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Ecologia de Paisagem)



Identificar os melhores caminhos para implantação de corredores entre áreas fonte e áreas alvo; avaliar os melhores métodos e técnicas para a restauração ecológica e a adequação ambiental de propriedades rurais; analisar indicadores de monitoramento das iniciativas de restauração ecológica e de conectividade na escala de paisagem; avaliar a efetividade de manejo e gestão em área protegidas; contribuir com a avaliação de impactos e com o planejamento ambiental.

Nenhum projeto cadastrado

 



Saneamento Ambiental em Meios Rural e Urbano do Vale do São Francisco - Univasf

Líder: MIRIAM CLEIDE CAVALCANTE DE AMORIM
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Engenharia Agrícola)



O grupo Saneamento Ambiental em Meios Rural e Urbano do Vale do São Francisco foi criado com base na necessidade de articulação do ensino com a pesquisa e a extensão surgidas com o desenvolvimento das ações do Grupo PET Conexões de Saberes Saneamento Ambiental do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental da UNIVASF. Dessa forma a proposta de trabalho do grupo tem como principais objetivos: a) realizar pesquisas focadas no controle da poluição, no estudo de aspectos do saneamento básico e no uso de tecnologias para manejo, disposição e tratamento de resíduos gerados nas atividades agropecuárias, agroindustriais e urbanas em regiões do Semiárido; b) Realizar diagnóstico do saneamento básico/ambiental através de indicadores do saneamento, em áreas rurais e urbanas do Semiárido; c) aprimorar os conhecimentos dos docentes envolvidos em pesquisas apropriadas às condições físicas, sociais e econômicas da região Semiárida; c) fomentar a melhoria da qualidade de ensino no curso Engenharia Agrícola e Ambiental, enfatizando a importância dos aspectos ambientais, e conscientizando para prática profissional focada no desenvolvimento sustentável. Como suporte para as suas atividades, o grupo Saneamento Ambiental em Meios Rural e Urbano possui atualmente o Laboratório de Engenharia Ambiental e o Laboratório de Microbiologia Ambiental.

  • Andréa de Vasconcelos Ferraz: Docente
  • Daniel Ribeiro Menezes: Docente
  • Vanessa Polon Donzeli: Docente

Nenhum projeto cadastrado

 



Savasf - Saúde e Ambiente no Vale do São Francisco

Líder: Cheila Nataly Galindo Bedor
Vice-líder:
Ano de Criação: 2008
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Saúde Coletiva)



O grupo tem como objetivo desenvolver pesquisa nas áreas de Saúde, ambiente e trabalho, com abordagem interdisciplinar, observando as relações entre os seres humanos e os espaços que ocupam e transformam. Assim, atua, no ensino, na pesquisa e extensão, nas diversas áreas que integram a saúde, na perspectiva de propiciar mudanças nas práticas sanitárias e na organização dos serviços de saúde.

Nenhum projeto cadastrado

 



Ser Tão: Grupo de Pesquisa em Integralidade

Líder: Alexandre Franca Barreto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Saúde Coletiva)



O grupo realiza atividades de ensino, pesquisa e extensão ancorados no paradigma integrativo de saúde. Contribui com a fundamentação, difusão e ampliação de métodos/tecnologias não invasivas, integrais e complementares de cuidados e promoção da saúde alternativos ao biomédico. Desenvolve atividades atividade com estudantes de vários cursos de graduação na saúde (medicina, psicologia, enfermagem, educação física, farmácia)e pós graduação em Residência Multiprofissional de Saúde da Família Temos Projetos de Pesquisa e Extensão realizados em Parceria com o Hospital de Traumas/UNIVASF, Secretarias Municipais de Saúde, o Ministério da Saúde (DAB/CGAT - área temática de PICs) e outras instituições e grupos de pesquisa de IES envolvendo a formação e a assistência clínica em cuidados complementares e integrais à saúde. O Nosso objetivo e contribuir para uma formação ampla dos profissionais de saúde, bem como formular alternativas que favoreçam a promoção de saúde e contribuam para o reordenamento de nossa crise mundial de saúde. Atualmente temos duas linhas pesquisa: Psicologia Somática, e; Praticas Integrativas e Complementares.

Nenhum projeto cadastrado

 



Sistema de Acondicionamento Agropecuário

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Engenharia Agrícola)



A região do Vale do São Francisco está situada no bioma caatinga, onde pela sua diversidade e rusticidade peculiar do semiárido tem um potencial agropecuário notável e passivo de grandes estudos. A repercussão de pesquisas em sistemas agropecuários é de fundamental importância, tanto no aspecto da agricultura familiar, como na agricultura de exportação, o acondicionamento e armazenamento de produtos agrícolas exige bastante atenção para chegar na mesa do consumidor com o mínimo de qualidade. As frutas que são exportadas para outros países produzidas no Polo Agrícola de Petrolina e Juazeiro exigem o cumprimento de protocolos nacionais e internacionais. Assim, como o apoio para estudos de complementação na alimentação animal em períodos de estiagem fazem parte deste sistema. Por isso, a geração de pesquisas e produtos podem ajudar esta região a continuar e garantir o seu desenvolvimento.

Nenhum projeto cadastrado

 



Sistema de Acondicionamento Agropecuário.

Líder: Acácio Figueiredo Neto
Vice-líder:
Ano de Criação: 2012
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Tecnologia Pós-Colheita)



Pesquisadores colaboradores: Alan Christie da Silva Dantas, Aline Camarão Telles Biasoto, Ana Cecília Poloni Rybka, Aníbal Livramento da Silva Netto, Francisco de Assis Cardoso Almeida, Ítalo Herbert Lucena Cavalcante, José de Castro Silva, Karla dos Santos Melo de Sousa, Marcos Antônio da Silva Irmão, Nelson Cárdenas Olivier, Rita de Cássia Mirela Resende Nassur, Sergio Tonetto de Freitas, Thais Pereira de Azevedo, Vanessa Polon Donzeli.


 

Repercussões dos trabalhos do grupo
A região do Vale do São Francisco está situada no bioma caatinga, onde pela sua diversidade e rusticidade peculiar do semiárido tem um potencial agropecuário notável e passivo de grandes estudos. A repercussão de pesquisas em sistemas agropecuários é de fundamental importância, tanto no aspecto da agricultura familiar, como na agricultura de exportação, o acondicionamento e armazenamento de produtos agrícolas exige bastante atenção para chegar na mesa do consumidor com o mínimo de qualidade. As frutas que são exportadas para outros países produzidas no Polo Agrícola de Petrolina e Juazeiro exigem o cumprimento de protocolos nacionais e internacionais. Assim, como o apoio para estudos de complementação na alimentação animal em períodos de estiagem fazem parte deste sistema. Por isso, a geração de pesquisas e produtos podem ajudar esta região a continuar e garantir o seu desenvolvimento. Os pesquisadores deste grupo estão atualmente com orientação em aperfeiçoamento de produtores rurais do Vale do São Francisco (Manga e Uva) e com Projeto da FAPESB aprovado com financiamento - Tecnologia e Avaliação da cultura da manga exportada.

Linhas de pesquisa:
Agroindustrialização, soberania e segurança alimentar
Armazenamento de Produtos Agrícolas
Cadeia do Frio para Produtos Agrícolas
Processamento de Produtos Agrícolas
Resistência de Materiais Biológicos
Tecnologia Pós-Colheita

Nenhum projeto cadastrado

 



Síntese, Caracterização e Luminescência de Materiais (scl-mat)

Líder: Raquel Aline Pessoa Oliveira
Vice-líder:
Ano de Criação: 2015
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Física )



O Grupo de Síntese, Caracterização e Luminescência de Materiais (SCL-Mat) da UNIVASF se caracteriza pela integração entre física básica e aplicada na área de radiações, luminescência e dosimetria, capacitando recursos humanos de alta competitividade. Além disso, atua no desenvolvimento de novos dispositivos como meios de obtenção e tratamento de dados de fenômenos físicos por meio da eletrônica e computação, visando desenvolver kits científicos inovadores, interativos, funcionais e de baixo custo. O grupo mantêm interações com pesquisadores de várias instituições do país e do exterior tais como DFI/UFS-SE; IPEN/CNEN-SP; DEN/UFPE-PE, Scuola di Ingegneria/ Università degli Studi di Pisa, Pisa, Italy. 

Nenhum projeto cadastrado

 



Sustentabilidade no Ambiente Construído

Líder: Cristiane Dacanal
Vice-líder:
Ano de Criação: 2017
Área: Ciências Exatas, da Terra e Engenharias (subárea Arquitetura, urbanismo e paisagismo)



O grupo de pesquisa Sustentabilidade no Ambiente Construído apresenta três principais linhas de pesquisa:


1 - Planejamento e desenho da paisagem: Esta linha de pesquisa tem como objetivo diagnosticar as problemáticas relacionadas ao desenvolvimento urbano e urbano-rural, e propor diretrizes de projeto, visando a melhoria da qualidade de ambiental e de vida. O diagnóstico, análise e prognóstico são realizados por meio de metodologias participativas e avaliação pós-ocupação (APO).

2 - Ambiência: Esta linha de pesquisa tem como foco o estudo do conforto ambiental nas edificações e a proposição de adequações projetuais visando o desempenho termo-energético. As avaliações são realizadas por métodos prescritivos ou por simulações computacionais.

3 - Construções sustentáveis: Esta linha de pesquisa visa investigar, criar e aplicar tecnologias, componentes e materiais construtivos sustentáveis. Materiais alternativos e os resgate de técncias restrospectivas do sertanejo, vêm sendo estudados dentro do projeto de extensão "Construções rurais sustentáveis: tecnologias criativas voltadas para agricultores familiares nos Territórios do Sertão do São Francisco".

 

Nenhum projeto cadastrado

 



Variabilidade de Fitopatógenos, Melhoramento Genético e Resistência à Doenças no Semiárido

Líder: Francine Hiromi Ishikawa
Vice-líder: Alexandre Sandri Capucho
Ano de Criação: 2013
Área: Ciências Biológicas, Agrárias e Saúde e interdisciplinar (subárea Agronomia)



Esse grupo de pesquisa visa estudar as doenças de plantas importantes na região do submédio do Vale do São Francisco aliado ao melhoramento genético. Será avaliada a variabilidade de fitopatógenos para dar suporte ao desenvolvimento de cultivares resistentes a doenças. Em parceria com a EMBRAPA, serão desenvolvidas atividades de caracterização de germoplasma e manejo de doenças com intuito de fortalecer as instituições parceiras. A utilização de cultivares resistentes aliada ao manejo racional das doenças permitirão que os agricultores produzam alimentos mais saudáveis e de forma sustentável.

Nenhum projeto cadastrado